Gumelo
Foto
Gumelo

Preparados? Já há uma cerveja artesanal de cogumelos e é portuguesa

A Gumelo, de Almeirim, produz cogumelos a partir de borras de café e tem agora um novo produto. Sem aditivos nem conservantes, sem injecção artificial de CO2, aromatizado com extractos de cogumelos. É assim a cerveja que criou

São duas, para começar. Têm trigo e apenas ingredientes naturais. Têm extracto de cogumelos. Não têm aditivos ou conservantes, nem injecção artificial de CO2. O gás surge do processo natural de fermentação. Passemos às apresentações. Uma é branca, outra é preta. A Gumelo UMA® Porcini Weiss é uma cerveja artesanal de trigo, tipo Weissbier, turva, cor âmbar, espuma clara. Os aromas frutados do malte de trigo harmonizam com a subtileza silvestre do cogumelo Porcini. A Gumelo UMA® Porcini Dunkel, tipo Dunkel Weizenbier, turva, cor escura, espuma pérola, tem trigo, aromas maltados e frutados e cogumelos Porcini, obviamente.

As novas cervejas têm a assinatura da empresa Gumelo, de Almeirim, que produz cogumelos a partir de borras de café e que quer surpreender o mercado com mais uma novidade. Inovar dá naturalmente trabalho e a empresa teve de desenvolver uma forma de fazer extracto líquido de cogumelos, conservando a sua essência e os seus aromas. O processo demorou quase um ano. O extracto é adicionado a uma receita única de cerveja criada propositadamente para permitir essa líquida fusão. A produtora artesanal de cerveja Faustino Microcervejeira entrou em cena com o seu know-how cervejeiro e a ideia concretizou-se.

Os três amigos de infância que criaram a Gumelo não escondem que a paixão por cogumelos é grande e intensa como o amor que nutrem pela cerveja. E não há aqui uma lógica racional, mas sim uma questão emocional. O biólogo João Cavaleiro é o cientista de serviço, Tiago Marques o responsável pelo marketing e comunicação e Rui Apolinário, com formação em ciência farmacêuticas, trata da parte administrativa, da gestão do negócio. É este o trio que tratou da concepção da nova bebida e que garante que o feedback tem sido positivo.

PÚBLICO -
Foto

Tiago Marques explica que não são os cogumelos que nascem nas borras de café que dão o sabor às novas cervejas – que, pelo que sabem, serão únicas no mundo. A Gumelo decidiu destacar “as propriedades aromáticas dos cogumelos silvestres disponíveis no mercado”. Do extracto líquido de cogumelos, à produção artesanal da cerveja, nada é deixado ao acaso. “É um processo controlado quimicamente, é tudo esterilizado”, refere. E quando o produto chega à mesa e atravessa a garganta, promete-se “um final de boca surpreendente”. Tiago concretiza: “um amargor aromático no final”. Um travo a cogumelos.

O trio acaba de colocar a cerveja de cogumelos no mercado. Cada garrafa de 33 cl custa quatro euros, tem 5,5% de teor alcoólico, e a comercialização está a ser feita no site da empresa, em lojas gourmet, lojas de presentes e concept stores. A cerveja está em várias lojas espalhadas pelo país como, por exemplo, Iguarias do Convento – Mercearia Regional em Tomar, Mercearia Pena nas Caldas da Rainha, Artes e Paladares em Mora, Fumeiros Terras do Demo na Nazaré, Portugal dos Meus Amores em Lisboa, A Vida Portuguesa em Lisboa e Porto, Gourmet da Maria em Coimbra, Dama Pé de Cabra no Porto e Praça do Bom Sucesso.

A história da Gumelo começa em 2009 com os olhos postos no México. Um estudo desenvolvido nesse país desperta a paixão do biólogo João Cavaleiro pela produção sustentável de cogumelos. E nunca mais parou. Dois anos depois, os três amigos de infância, João Cavaleiro, Tiago Marques e Rui Apolinário, criam a empresa com sede em Almeirim e em 2013 surpreendem o mercado com Gumelo Original, cogumelo gourmet pronto a crescer, Gumelo Citrus, cogumelo amarelo pronto a crescer, e Pre Gumelo, cogumelo pronto a cultivar. No ano passado, cria a linha infantil O Meu Primeiro Gumelo e este ano amplia o leque de produtos com Gumelo Djamor, cogumelo rosa pronto a crescer.

A internacionalização já aconteceu. Os cogumelos da Gumelo já estão no Reino Unido e na Suécia e agora querem entrar em Espanha, Brasil e em vários países do norte da Europa. A empresa de Almeirim tem já alguns prémios no currículo: Produto do Ano 2014 e Food & Nutrions Awards, vencedora da categoria Produto Inovação, terceira classificada na SIAL Innovation em Paris e primeiro lugar na categoria Frutas e Produtos Hortícolas, e faz parte do Top 100 Best New Products do IFE – The Internacional Food & Drink Event de Londres.