Opinião

Uma mariscada?

Dura até domingo o Festival do Marisco de Ribamar.

Dura até domingo o Festival do Marisco de Ribamar. Só recomendo os dois restaurantes onde almocei muitíssimo bem. Mas há mais cinco que poderão ser diferentemente bons...

Na Estrela do Mar comemos a melhor sopa de mariscos de sempre. É o prato favorito da casa (não há quem não coma) e é uma pechincha deliciosa. Um prato custa 4,50 euros. Um tacho que dá para duas pessoas (ou duas gulosas e repetentes) custa 12,50 euros e um tacho gigantesco que dá para seis ou oito pessoas (ou duas pessoas com muita fome que querem mariscar muito bem por pouco dinheiro) custa 17 euros.

Há lá também um petisco dionisíaco que só é garantido durante o festival: a açorda de ouriços. Mas telefone primeiro, para o 261 864 444, para confirmar, porque uma vez telefonei e não havia: um sinal de frescura e uma fonte segura de frustração.

A açorda de ouriços, profundamente ocêanica, transtorna os sentidos. Conquista-nos porque a açorda se concentra nas ovas dos ouriços. No Japão custaria uma fortuna. Na Estrela do Mar custa 15 ou 16 euros e dá para duas pessoas: até se uma delas não gosta de açorda e prefere almoçar as seis gordas gambas de Moçambique que a acompanham.

No restaurante Viveiros do Atlântico os mariscos que comemos (percebes, navalheiras e santola) eram vivíssimos e deliciosíssimos da costa. Para o festival prometeram navalheiras suadas, com toda a trabalheira reservada para as lagostas.

Ambas as casas são claramente boas durante todo o ano, que é o que interessa.