DR
Foto
DR

O novo desenho do Super Rugby

Em 2016 a mais importante competição de clubes do Hemisfério Sul passará a ser disputada por 18 formações

Na sequência do alargamento do Super Rugby, a partir de 2016, para 18 equipas, o desenho competitivo da prova sofrerá alterações. Com a inclusão de mais três formações - uma sul-africana, uma argentina e outra japonesa -, o calendário dos jogos a efectuar sofrerá alterações, de modo a comportar a mudança. Mas, afinal, como é que tudo ficará?

 

As conferências, que até este ano eram três, passam a quatro: uma da Austrália, com cinco equipas australianas; uma da Nova Zelândia, com cinco equipas neozelandesas; uma da África do Sul, com três equipas sul-africanas e outra argentina; e uma segunda conferência da África do Sul, com três equipas sul-africanas e os japoneses Sunwolves, que farão os quatro primeiros jogos em Tóquio e Singapura.

PÚBLICO -
Foto

 

Assim sendo, e dando como exemplo a conferência australiana, as equipas terão de defrontar uma vez os rivais do mesmo país e duas outras equipas. Terão ainda de jogar contra as cinco equipas neozelandeses. Das conferências sul-africanas, apenas defrontará a que tem a equipa argentina, logo, terá de defrontar três equipas africanas e os sul-americanos. No total, serão 15 jogos na fase regular, com duas jornadas de folga.

 

Os neozelandeses terão que competir com a conferência que inclui as Sunwolves. No ano seguinte, as equipas da Austrália e da Nova Zelândia trocam de conferência sul-africana.(uma delas argentina) e uma segunda conferência da África do Sul com quatro equipas, sendo uma delas os japoneses Sunwolves, que farão os quatro primeiros jogos em Tóquio e Singapura.

 

Assim sendo, e dando como exemplo a conferência australiana, as equipas terão de defrontar uma vez os rivais do mesmo país e duas outras equipas. Terá ainda de jogar contra as cinco equipas neozelandeses. Das conferências sul-africanas, apenas defrontará a que tem a equipa argentina, logo, terá de defrontar três equipas africanas e os sul-americanos. No total, serão 15 jogos na fase regular, com duas jornadas de folga.

 

Os neozelandeses terão que competir com a conferência que inclui as Sunwolves. No ano seguinte, as equipas da Austrália e da Nova Zelândia trocam de conferência sul-africana.