UNICEF
Foto
UNICEF

AIESEC recruta portugueses para ensinar inglês na Colômbia

A organização de estudantes universitários promove, mais uma vez, estágios no estrangeiro. Este ano, a missão é levar a língua inglesa a crianças e jovens colombianos. As inscrições estão abertas até ao final de Outubro

Ao longo dos últimos 60 anos, a AIESEC tem enviado centenas de jovens para o estrangeiro, em regime de voluntariado e profissional. Este ano, a organização em Portugal quer enviar 100 jovens para a Colômbia com o objectivo de ensinarem Inglês em oito comunidades do país.

A América do Sul é uma das economias mais emergentes mas, neste momento, as estatísticas apontam para que mais de metade dos professores colombianos não saibam falar Inglês. Este número transmite a ideia de que grande parte da população não tem acesso ao ensino do segundo idioma mais falado do mundo, logo a seguir ao Mandarim. 

O objectivo da AIESEC é contrariar esta tendência, enviando uma centena de jovens portugueses para ensinar a língua às crianças, adolescentes e jovens universitários colombianos. “Contamos, não só, dar a oportunidade que tantos jovens e professores procuram, como, certamente, iremos ter um impacto positivo e a longo prazo no futuro da nação Colombiana”, afirma a organização.

Esta é uma parceria celebrada entre os dois países e conta com o apoio do Ministério da Educação da Colômbia. A iniciativa é remunerada e tem um valor duas a três vezes superior à média salarial colombiana, que ronda os 550€ por mês. Os estágios terão início em Janeiro e a sua duração varia consoante o programa que os candidatos escolheram.

Este é um projecto destinado a jovens dos 18 aos 30 anos que tenham um nível de inglês B2 ou C1, bem como uma licenciatura ou mestrado. As candidaturas são feitas online e estão abertas até ao final de Outubro.

O programa está sujeito ao investimento de 220€ (110€ na inscrição e 110€ quando aceite no estágio), mas a organização oferece algumas regalias: seguro de saúde, alojamento durante um mês, alimentação nos primeiros 15 dias e um salário extra no último mês de estágio.

A AIESEC afirma-se como a maior organização do mundo de estudantes universitários, encontrando-se em mais de 125 países. A organização acredita ser uma plataforma em que os estudantes e recém-licenciados começam a construir a sua carreira internacional.