Aviso de privacidade que circula no Facebook é falso

Mensagem a apelar à publicação de post para impedir violação de privacidade não foi redigida pela rede social.

Modelo de negócio do facebook gera dúvidas
Foto
O Facebook já veio negar a autoria da mensagem Thomas Hodel/Reuters

Nota de 16 de Janeiro de 2019: Esta é uma notícia de 2015. Para ver a nossa cobertura mais recente sobre o Facebook, aceda a esta página. Os artigos relacionados com privacidade podem ser encontrados nesta página.

Nos últimos dias muitos utilizadores do Facebook têm partilhado um alerta de privacidade emitido em nome da rede social mas que na realidade é falso. Segundo o post, quem não replicar a mensagem através do seu perfil está a permitir que as suas fotografias e outras informações passem a ser de utilização pública.​

Existem algumas versões da mesma mensagem em inglês mas também em português e noutras línguas e estas são muito semelhantes a outras que surgiram em 2012. Um dos posts que alegadamente foi redigido pelo Facebook apela a que o texto seja copiado e divulgado como um aviso de privacidade. “Se não publicar tal declaração pelo menos uma vez, então está indirectamente permitindo o uso público de itens como suas fotos e as informações contidas em suas actualizações de status”, pode ler-se no post.

Assim, quem partilhar o aviso de privacidade está alegadamente a afirmar que não autoriza a divulgação pública de qualquer informação contida no perfil do utilizador. “Você está aqui notificado que está estritamente proibido de revelar, copiar, distribuir, divulgar ou tomar qualquer outra acção contra mim com relação a este perfil e os conteúdos do mesmo”, indica a mensagem.

Na versão em inglês, é pedido o pagamento de 5,99 dólares para que o perfil do utilizador seja mantido privado, não se sabendo a origem das mensagens nem o motivo para as mesmas. À semelhança dos posts encontrados há três anos, os que estão a surgir agora são falsos, como indica o próprio Facebook num post divulgado esta terça-feira. “Enquanto pode haver água em Marte, não acreditem em tudo o que lêem na Internet hoje em dia. O Facebook é gratuito e vai sê-lo sempre. E isso de copiar e publicar um alerta é apenas um engano. Fiquem bem terráqueos!”.

Em 2012, o Facebook desmentia de um modo mais formal o mesmo tipo de alerta. “Qualquer pessoa que use o Facebook possui e controla o conteúdo e informação daquilo que publica, como indicado nos nossos termos. Controla como são partilhados esse conteúdo e informação. Essa é a nossa política e tem sido sempre.”

O post que está a ser publicado por vários utilizadores não protege ninguém da violação da sua privacidade. Quando se cria um perfil no Facebook é necessário concordar com os Termos de Serviço da rede social, que inclui a sua própria política de privacidade.

Sugerir correcção