País de Gales deixa Inglaterra em maus lençóis

Os galeses estiveram a perder por 10 pontos, mas saíram de Twickenham com uma importante vitória, por 28-25

O País de Gales deu neste sábado um passo de gigante para sobreviver ao “grupo da morte” do Mundial 2015. Em Twickenham, a catedral da selecção inglesa, os galeses mostraram mais maturidade do que a Inglaterra e conseguiram recuperar de uma desvantagem de 10 pontos no segundo tempo (22-12), garantindo o triunfo, por 28-25, com uma penalidade de Dan Biggar, a cinco minutos do fim.

 

Num grupo com três candidatos aos lugares de topo (Inglaterra, País de Gales e Austrália), o duelo entre britânicos servia como uma primeira triagem para definir quem serão as duas selecções que vão conseguir o passaporte para os quartos-de-final e, no primeiro teste a sério, a anfitriã Inglaterra chumbou.

PÚBLICO -
Foto

 

PÚBLICO -
Foto

A selecção treinada por Stuart Lancaster, uma das mais jovens do Mundial, acabou por acusar alguma pressão perante um País de Gales que soube sofrer apesar de continuar a ter contrariedades atrás de contrariedades: os galeses, que antes do Mundial perderam dois elementos fundamentais (Rhys Webb e Leigh Hafpenny), no primeiro jogo contra o Uruguai ficaram sem Cory Allen e, desta vez, viram sair mais dois jogadores lesionados: Scott e Liam Williams.

 

Equilibrado durante os 80 minutos, o jogo acabou por ter no “10” do País de Gales o elemento desiquilibrador. Já baptizado de Dan "The England Killer" Biggar, o abertura dos Ospreys esteve irrepreensível no jogo ao pé, acabando a partida com 23 pontos somados.

 

Na primeira parte a Inglaterra ainda conseguiu ter algum ascendente e foi a primeira a marcar ensaio (Jonny May, aos 27’), mas os ingleses não souberam segurar a vantagem de 10 pontos que tinham a meia hora do fim (22-12) e viram os galeses darem a volta ao resultado nos últimos minutos com um grande ensaio de Gareth Davies (71’) e uma penalidade convertida do meio campo por Biggar (75’).

 

Com esta derrota, a Inglaterra terá, no próximo sábado, uma "final" contra a Austrália: se o “XV da Rosa” perder, é quase certo que está fora dos quartos-de-final.

 

Números do Inglaterra-País de Gales (25-28)

 

Ensaios:

Inglaterra – 1 (Jonny May, 27’)

País de Gales – 1 (Gareth Davies, 71’)

 

Penalidades convertidas:

Inglaterra – 5

País de Gales – 7

 

Posse de bola:

Inglaterra – 51 %

País de Gales – 49 %

 

Ocupação de terreno:

Inglaterra – 53 %

País de Gales – 47 %

 

Metros percorridos:

Inglaterra – 431

País de Gales – 369

 

Placagens realizadas:

Inglaterra – 95

País de Gales – 85

 

Placagens falhadas:

Inglaterra – 17

País de Gales – 15

 

Formações ordenadas a favor:

Inglaterra – 5 ganhas, 1 perdida

País de Gales – 2 ganhas, 1 perdida

 

Alinhamentos conquistados ao adversário:

Inglaterra – 2

País de Gales – 1

  

Penalidades concedidas:

Inglaterra – 12

País de Gales – 11

Sugerir correcção