Apresentação das selecções do Mundial: Canadá

Os canadianos vão tentar alcançar em Inglaterra uma vitória, o que já não acontece na competição desde 2003

Num Grupo D quase exclusivamente “made in Europe”, o Canadá estará fora da luta pelos quartos-de-final, mas a habitual combatividade canadiana vai dar problemas às selecções europeias. Conseguir melhor do que nas duas últimas edições, onde terminou sempre com um empate e três derrotas, é o objectivo da formação comandada pelo neozelandês Kieran Crowley.

 

Embora sejam actualmente os terceiros na hierarquia das Américas, atrás da Argentina e dos Estados Unidos, os canadianos bateram de forma clara os norte-americanos no apuramento para o Mundial (40-20).

PÚBLICO -
Foto

 

PÚBLICO -
Foto

Com presenças em todos os Mundiais, o Canadá apenas em 1991 passou a fase de grupos, tendo sido derrotados nos quartos-de-final pelos All Blacks. Kieran Crowley, o neozelandês que treina a equipa desde 2008, comandará as hostes frente a Irlanda, Itália, França e Roménia, e o último jogo, contra os romenos, será o mais importante para os canadianos.

 

Menos previsível e com maior diversidade a nível das opções de ataque nos últimos anos, o Canadá contará com o reforço de alguns dos jogadores que participam no Circuito Mundial de sevens e da boa adaptação de Phil Mack e Nathan Hirayama ao XV dependerá o sucesso canadiano na prova.

 

Embora contém com 18 estreantes na prova, esse handicap será compensando pela experiência de Jamie Cudmore, DTH van der Merwe, Jebb Sinclair, Aaron Carpenter e o ”8” Tyler Ardron. O grande ausente é Taylor Paris, por lesão.

 

Curiosidade:

A selecção do Canadá foi uma das 16 selecções convidadas para participar no primeiro Campeonato do Mundo, em 1987, na Austrália e Nova Zelândia. No primeiro jogo realizado conseguiu derrotar Tonga, por 37-4, mas acabaria por perder os dois jogos seguintes contra a Irlanda (46-19) e País de Gales (40-9), falhando o apuramento para a fase seguinte.

 

Jogos na Fase de Grupos

19/09: Irlanda-Canadá, às 14h30

26/09: Itália-Canadá, 14h30

01/10: França-Canadá, 20h00

06/10: Canadá-Roménia, 16h45

 

Convocados

Avançados: Tyler Ardron, Ray Barkwill, Brett Beukeboom, Hubert Buydens, Aaron Carpenter, Jamie Cudmore, Nanyak Dala, Kyle Gilmour, Jason Marshall, John Moonlight, Evan Olmstead, Benoit Piffero, Djustice Sears-Duru, Jebb Sinclair, Richard Thorpe, Andrew Tiedemann, Doug Wooldridge.

Três-quartos: Nick Blevins, Connor Braid, Matt Evans, Jeff Hassler, Ciaran Hearn, Nathan Hirayama, Harry Jones, Phil Mack, Jamie Mackenzie, Phil Mackenzie, Gordon McRorie, Conor Trainor, Liam Underwood, DTH van der Merwe.