Europa

"Parem a guerra na Síria, não queremos ir para a Europa"

Uma equipa de repórteres da Al Jazeera America News encontrou pela primeira vez o jovem Kinan Masalemeh na fronteira da Sérvia com a Hungria, ao lado da irmã. Dias mais tarde, a mesma equipa de reportagem estava na estação de comboios de Budapeste quando, no meio da multidão de refugiados, encontrou novamente o adolescente de 13 anos.

Desiludido, Kinan Masalemeh esperava, juntamente com a família, que as autoridades húngaras lhes permitissem entrar num dos comboios com destino à Alemanha. “A polícia não gosta dos sírios, nem na Sérvia, na Hungria, na Macedónia ou na Grécia”, disse Kinan.  O jornalista perguntou-lhe de seguida que mensagem queria deixar e Kian fez um pedido que se tornou viral nas últimas horas: “A minha mensagem é: por favor ajudem os sírios. Os sírios precisam de ajuda já.  Parem simplesmente com a guerra, nós não queremos ir para a Europa. Parem a guerra na Síria, apenas isso”, respondeu. 

Sugerir correcção