Foto

Mexefest: Benjamin Clementine, Villagers e Selma Uamusse num festival no meio de nós

O Vodafone Mexefest, que se estende por várias salas em redor e na avenida da Liberdade, está marcado para os dias 27 e 28 de Novembro

O músico britânico Benjamin Clementine, o irlandês Villagers e a cantora moçambicana Selma Uamusse actuarão em Novembro, em Lisboa, no Mexefest, anunciou a organização. O Vodafone Mexefest, que se estende por várias salas em redor e na avenida da Liberdade, está marcado para os dias 27 e 28 de Novembro.

A esta edição junta-se o músico inglês Benjamin Clementine, que volta a Portugal novamente no contexto de um festival, depois de se ter estreado em Julho passado, no Super Bock Super Rock, em Lisboa.

Com uma expressividade e dramatismo que fazem lembrar, dizem os media especializados, Nina Simone, Edith Piaf e Antony Hegart, Benjamin Clementine, de 26 anos, chamou a atenção há um par de anos depois de ter actuado no programa televisivo de Jools Holand, na BBC.

Este ano lançou o álbum de estreia, "At least for now", a interpretar canções como "London", "Condolence" e "Cornerstone", que mostrou em julho em Lisboa, ao piano. Em estreia em Portugal, no Mexefest, estará Villagers, nome artístico do músico irlandês Conor O'Brien.

Apesar de se apresentar ao vivo em grupo, na verdade é Conor O'Brien que se encarrega de grande parte do trabalho de estúdio, de composição e interpretação. Um dos nomes da folk pop da editora Domino Records, Villagers editou este ano o álbum "Darling Arithmetic".

A organização anunciou ainda a presença da cantora Selma Uamusse, que nasceu em Moçambique e cresceu em Portugal, e que tem feito apresentações em nome próprio depois de ter integrado os Wraygunn e Movimento, de fazer parte de Gospel Collective e Nu Jazz Ensemble.

Também já colaborou com Rodrigo Leão e conduziu em palco um tributo a Nina Simone. Ainda sem indicar quais as salas e espaços que integram este ano o Mexefest, a organização já delineou parte do cartaz, com nomes como Ariel Pink, Patrick Watson e Titus Andronicus.