Foto

“MacGyver” já é um verbo no dicionário Oxford

Série norte-americana que foi para o ar de 1985 a 1992 já integra o dicionário. As imprevistas e engenhosas soluções de MacGyver são, oficialmente, um verbo

Entre 1985 e 1992, MacGyver improvisou soluções para os mais diversos problemas perigosos. Ao agente secreto, de primeiro nome Angus, nunca faltavam ideias (nem objectos) improváveis para salvar vidas no último segundo. Esta sua capacidade integra, agora, o dicionário Oxford da língua inglesa.

A actualização deste dicionário de referência inclui o verbo “to MacGyver”, isto é, “fazer ou reparar (um objecto) de forma improvisada ou inventiva, através do uso de qualquer coisa que esteja por perto”.

Nas mãos de Angus MacGyver (interpretado por Richard Dean Anderson), objectos como um canivete, um cabide ou um par de binóculos assumiam papéis preponderantes em quase todos episódios. A página wiki “MacGyver” tem uma lista detalhada dos problemas que o agente resolveu.

A série de televisão que transitou dos anos 80 para os 90 do século XX — e que continuou presente graças às inúmeras reposições — entra, assim, para o léxico inglês.

Em 2009, o site “Cracked” elegeu dez palavras estrangeiras de que a língua inglesa precisava e “desenrascanço” foi uma delas. A capacidade de resolver problemas rapidamente e com poucos meios foi, na altura, comparada com a personagem de “MacGyver”. Desenrascar-se pode, assim, ser o equivalente português ao novo verbo inglês.