Barbarians vencem Samoa, Olympic Stadium meteu água

Samoanos jogaram uma hora com 14 jogadores e perderam por 27-24, Japão voltou a mostrar as debilidades do Uruguai

Samoa defrontou os Barbarians e perdeu por 27-24, num duelo em que os samoanos jogaram perto de uma hora com 14 jogadores. Na primeira partida de râguebi no Olympic Stadium, em Londres, percebeu-se que ainda há muito a ajustar para que o palco receba convenientemente jogos do Mundial.

 

A selecção de Samoa, que faz parte do Grupo B no Mundial, juntamente com África do Sul, Japão, Escócia e Estados Unidos, teve pela frente uma equipa de jogadores de elite e houve equilíbrio na primeira parte (17-17 ao intervalo), apesar de os samoanos terem ficado em inferioridade numérica cedo, depois de Kane Thompson agredir Saia Fainga’a.

PÚBLICO -
Foto

 

Ao intervalo, o cenário piorou para Samoa, depois de Kahn Fotuali’i falhar um teste a uma concussão, privando a equipa do Pacífico do seu médio de formação. Mesmo assim, os samoanos conseguiram desferir alguns golpes aos Barbarians, que se mantiveram firmes na defesa, acabando por levar a melhor com cinco ensaios contra três.

 

Os Babaa’s fizeram toques de meta por Adam Thompson e Ben Tapuai (ambos com um bis) e Liam Gill. Pelos Samoanos, os ensaios foram marcados pelo pilar direito Anthony Perenise, o ponta esquerdo Ken Pisi e o franqueador Jack Lam.

 

As vicissitudes da estreia de uma espaço que receberá no próximo mês jogos do Mundial passaram pelos aspersores se ligarem durante a primeira parte, pelas queixas do público quanto à falta de wifi e pela fraca visibilidade de alguns lugares.

 

Ainda no âmbito de jogos de preparação, o Japão voltou a desferir um duro golpe ao Uruguai. Depois do 30-8 na semana passada, desta feita, em Tóquio, o pesado resultado de 40-0 põe o Uruguai a pensar como vai lidar com Austrália, Inglaterra, País de Gales e Fiji sem levar com resultados de três dígitos. Os cinco ensaios japoneses foram da autoria de Goromaru, Ono, Broadhurst, Matsushima, Tui e Fukuoka.

 

Barbarians: 15 Paul Williams, 14 Taqele Naiyaraovoro, 13 Ben Tapuai, 12 Wynand Olivier, 11 Dwayne Sweeney, 10 Christian Lealiifano, 9 Luke Burgess, 8 Pierre Spies, 7 Liam Gill, 6 Adam Thomson, 5 Luke Jones, 4 Bakkies Botha (c), 3 Carl Hayman, 2 Saia Fainga'a, 1 Benn Robinson.

 

Samoa: 15 Tim Nanai-Williams, 14 Faatoina Autagavaia, 13 Paul Perez, 12 Rey Lee-Lo, 11 Ken Pisi, 10 Tusi Pisi, 9 Kahn Fotuali'i, 8 Ofisa Treviranus, 7 Jack Lam, 6 Maurie Faasavalu, 5 Kane Thompson, 4 Filo Paulo, 3 Anthony Perenise, 2 Ole Avei, 1 Sakaria Taulafo.