Portugal terá 15 atletas em Pequim, mas ainda pode ter mais dois

Nelson Évora é o cabeça de cartaz da selecção portuguesa que vai estar nos próximos Mundiais de atletismo. Hélio Gomes e Marta Pen também devem integrar a comitiva.

A triplista Patrícia Mamona está entre os 15 atletas convocados para os Mundiais de Pequim
Foto
A triplista Patrícia Mamona está entre os 15 atletas convocados para os Mundiais de Pequim FRANCK FIFE/AFP

Portugal vai competir com pelo menos 15 atletas, seis homens e nove mulheres, nos Mundiais de atletismo, competição que terá lugar de 22 a 30 de Agosto em Pequim, depois de a federação confirmar todos os que conseguiram mínimos.

A lista, divulgada nesta terça-feira em comunicado pela Federação Portuguesa de Atletismo, deverá aumentar nas próximas horas, com o convite a Hélio Gomes e Marta Pen, pelo ranking que têm esta época, em 1.500 metros.

Os 15 atletas agora oficializados são todos os que estavam pré-seleccionados ou que conseguiram mínimos no prazo regulamentar - alguns dos quais já iniciaram mesmo estágio final no Japão, como é o caso do triplo-saltador Nelson Évora.

Nelson Évora, que já está em estágio em Fukuoka, no Japão, é a figura mais em destaque na comitiva, com um título olímpico e um mundial no currículo, apresentando-se agora como um claro candidato para o "top-8" no triplo salto, eventualmente com medalha.

Face a Moscovo 2013, a selecção cresce um pouco - de 12 para 15 ou 17 - mas continua distante dos 24 que competiram na Coreia do Sul, em Daegu 2011, no último ano em que a comitiva lusa esteve acima dos 20 elementos.

Na Rússia, há dois anos, Portugal teve dois atletas entre os oito melhores, que agora repetem a presença na selecção: os marchadores João Vieira, quarto nos 20 km masculinos, e Ana Cabecinha, oitava nos 20 km femininos.

Com 39 anos e com nove presenças em campeonatos do mundo, João Vieira é o mais experiente, em plano oposto ao estreante Tsanko Arnaudov, o luso-búlgaro de 23 anos que é recordista nacional do peso.

Além de Tsanko, também são estreantes, em Campeonatos do Mundo, a maratonista Filomena Costa e a triplo-saltadora Susana Costa, além de Hélio Gomes e Marta Pen, quando receberem os convites da IAAF. Os restantes 12 têm pelo menos a experiência de um Mundial antes deste.

Este ano, a IAAF estreou um sistema de apuramento misto, com recurso a mínimos, especialmente selectivos, e a ranking, para se atingir o número desejado de concorrentes em pista.

No caso dos 1.500 metros, a IAAF pretende ter 46 atletas em Pequim, sendo que Hélio Gomes tem neste momento a 36.ª marca elegível e Marta Pen a 41.ª.

Masculinos

Yazaldes Nascimento (100 metros)

Nelson Évora (Triplo)

Tsanko Arnaudov (Peso)

João Vieira (20 km marcha)

Sérgio Vieira (20 km marcha)

Pedro Isidro (50 km marcha)

Femininos

Dulce Félix (10.000 metros)

Sara Moreira (10.000 metros)

Filomena Costa (Maratona)

Patrícia Mamona (Triplo)

Susana Costa (Triplo)

Irina Rodrigues (Disco)

Ana Cabecinha (20 km marcha)

Inês Henriques (20 km marcha)

Vera Santos (20 km marcha)