Pobre melodrama

Que desconsolo, um par destes (Bening e Harris) completamente desperdiçado nesta pepineira.

Foto
A Face do Amor: que desconsolo, um par destes completamente desperdiçado DR

Aliás, a uma história como a de A Face do Amor (uma mulher apaixonada por um sósia do marido morto), com as suas rimas e os seus reflexos “fantasmáticos”, Hollywood chamaria, nos 40, um figo. Mas a um lado sombrio Arie Posin prefere um choradinho interminável, dado numa mise em scène indistinta, chatíssima, que mata todo o interesse que aqui poderia haver. A ver só pelo elenco – há poucos filmes americanos, hoje em dia, protagonizados por pares de actores com cinquenta e muitos anos para cima – que até inclui Robin Williams. Que não voltou do túmulo, o filme é que já é de 2013…
Sugerir correcção
Comentar