Museu interactivo abre portas em Sintra para mostrar "mitos e lendas" da vila

Museu está instalado no centro histórico.

Sintra vai ser cenário de uma das mais renhidas disputas eleitorais nas eleições de 29 de Setembro
Foto
Iniciativas decorrem no ano em que Sintra comemora 20 anos desde a classificação como Património Mundial da UNESCO Daniel Rocha

A revelação dos "segredos" e do "romantismo e misticismo" de Sintra de forma interativa é a proposta do Centro Interpretativo Mitos e Lendas, inaugurado nesta sexta-feira no Posto de Turismo local, após um investimento de 1,6 milhões de euros.

Num edifício com cinco pisos, localizado no centro histórico da vila, a expedição pelos mitos e lendas de Sintra começa logo no elevador, forrado com imagens de Sintra, ao som da floresta e luzes reduzidas.

O ponto de partida da visita é no terceiro piso, em que é dada a sensação de se ter chegado ao cimo da Serra de Sintra, com um narrador a contar a história da criação das Penhas e a "Lenda dos Cinco Altos e Nomes Iguais e Apelidos Diferentes de Sintra".

No piso 2, os visitantes começam a ter contacto com eventos históricos e outras lendas, através de ecrãs táteis e um filme de animação em telas, como recurso a 'vídeo mapping' e narração de um áudio guia.

O primeiro piso conta as lendas do Túmulo dos Dois Irmãos e dos Sete Ais, através da recriação em hologramas de dimensões reais e do sistema 'kinetic', que permite aos visitantes encarnarem uma personagem de um jogo, correndo pelo bosque, desviando-se de obstáculos e apanhando alguns dos elementos associados à lenda.

Um espaço dedicado a escritores associados a Sintra e a simulação de um passeio de barco a ver o Adamastor são outras das experiências oferecidas pelo novo local.

Promovido pela Associação de Turismo de Lisboa (ATL), em parceria com a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL) e da Câmara de Sintra, o Centro Interpretativo Mitos e Lendas inclui 17 espaços e "cruza a realidade com a ficção". "É uma forma lúdica de despertar o interesse dos que já visitam Sintra para os equipamentos reais da vila. Faz parte de um plano estratégico de atração turística que temos para a região e acreditamos que será um sucesso", disse à agência Lusa o diretor-geral da ATL e presidente da ERT-RL, Vítor Costa.

O responsável adiantou que o investimento feito na criação do novo espaço foi de 1,6 milhões de euros, suportado pela ATL e ERT-RL, com a Câmara de Sintra a ceder o espaço do Posto de Turismo.

"É uma iniciativa de enorme importância para Sintra. Trata-se de um museu vivo que vai permitir aos visitantes mergulharem no romantismo da nossa vila. É um museu moderno, que é a cara de Sintra", afirmou o presidente da autarquia, Basílio Horta.

O preço de entrada no Centro Interpretativo Mitos e Lendas de Sintra é de 4,5 euros para adultos.