Sector do calçado reforça aposta promocional na Colômbia

Três fabricantes nacionais de calçado preparam abertura de lojas no país.

Os bens de vestuário e calçado registaram a maior queda de preços
Foto
Calçado e vestuário entre as classes de produtos com maior queda de preços NELSON GARRIDO

A indústria do calçado está a reforçar a aposta promocional na Colômbia, para onde as exportações estão a crescer a um ritmo de 140%, querendo, a partir daí, reforçar as vendas para toda a América Latina, refere a associação do sector, a APICCAPS, numa nota à imprensa divulgada nesta quinta-feira.

A aposta promocional na Colômbia será feita através da participação em dois eventos de moda na Colômbia, em Bogotá e Medellin, na próxima semana, envolvendo 15 empresas.

Para além da participação nas feiras, a associação promoverá uma campanha de comunicação e imagem na América Latina, onde se inclui um desfile de calçado na Semana da Moda da Colômbia.

Trata-se da “segunda investida do calçado português ao mercado colombiano”, refere a associação, que destaca os bons resultados alcançados, uma vez que “as exportações passaram de valores meramente residuais em 2013 para 1,7 milhões de euros em 2014 e estão a aumentar mais de 140% desde o início do ano”.

A APICCAPS refere que, a manter-se o ritmo de crescimento, “o calçado português exportará este ano sensivelmente quatro milhões de euros para a Colômbia”.

A aposta na Colômbia é recente, mas há já uma empresa, “a Nobrand, que vai inaugurar, ainda este mês, a primeira loja em Medelin e outras duas empresas deverão fazer investimentos similares até final deste ano”, refere a nota da associação.

O sector do calçado exporta 95% da sua produção, apostando fortemente na promoção externa. A associação refere que, em parceria com a AICEP e o apoio do Programa Compete 2020, está a promover a presença de, sensivelmente, 200 empresas em 70 certames internacionais da especialidade.

“Em resultado dessa estratégia, as exportações portuguesas de calçado aumentaram mais de 54% desde 2010 e as vendas para fora da União Europeia duplicaram”, refere a nota de imprensa.

Ainda em Julho, mais de 60 empresas portuguesas participarão na GDS, de Dusseldorf, na Alemanha, 13 integram em Agosto a maior feira de calçado dos EUA, (a Magic, em Las Vegas) e logo no início de Setembro, 93 empresas portuguesas marcam presença na MICAM, o mais importante fórum internacional da especialidade.