Bimbo compra Panrico em Portugal e Espanha

Aquisição de 190 milhões de euros terá de ter luz verde dos reguladores da concorrência. De fora fica o negócio de pão de forma.

Bimbo não vai ficar com negócio do pão de forma da Panrico
Foto
Bimbo não vai ficar com negócio do pão de forma da Panrico Nuno Ferreira Santos

A mexicana Bimbo chegou a acordo para a compra da Panrico em Portugal e Espanha. O negócio vale 190 milhões de euros e abrange a aquisição da totalidade do capital das empresas. Fica de fora o negócio de pão de forma da Panrico que, nesta área, compete directamente com a Bimbo.

A Autoridade da Concorrência terá de se pronunciar sobre a operação que inclui marcas como a Donuts ou o Bollycao. De acordo com informação divulgada nesta quinta-feira pela empresa, em 2014 a Panrico teve um volume de vendas de cerca de 280 milhões de euros na categoria de pastelaria. “Com esta transacção, o grupo Bimbo reforça a sua presença em Portugal e Espanha e complementa a sua carteira de produtos e rede de fábricas e distribuição”, justifica.

O grupo Bimbo tem dois mil trabalhadores em Portugal e Espanha e nove fábricas. Já a Panrico emprega o mesmo número de pessoas e tem uma fábrica em Mem Martins, Sintra.

Desde o início do ano, os trabalhadores da Panrico portuguesa já cumpriram cinco dias de greve por conflitos com a administração quanto ao pagamento do trabalho suplementar em dias de feriado. A última paralisação, convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos (Sintab), foi feita dia 29 de Junho e teve a adesão de 95% dos funcionários. Na altura, o Sintab adiantou que as linhas de produção não funcionaram devido ao protesto.