YouTube lança canal com vídeos amadores com interesse jornalístico

Diariamente, imagens captadas por não profissionais passam a ser analisadas e divulgadas numa página própria.

Foto
YouTube

Criado numa parceria com a Storyful, uma agência de notícias sociais, o NewsWire funciona como um feed de vídeos de testemunhas oculares de situações que possam interessar aos jornalistas e que serão verificados por uma equipa de editores da Storyful, para depois serem incorporados no novo canal.

“Com o Newswire, esperamos fornecer aos jornalistas um recurso valioso para descobrir notícias em vídeo em torno de grandes eventos, e para destacar vídeos de testemunhas oculares que oferecem novas perspectivas sobre notícias importantes”, escreve no blogue do YouTube Olivia Ma, do Google News Lab, que indica que mais de cinco milhões de vídeos de cariz noticioso são vistos por dia no YouTube.

O NewsWire vai ter vídeos que mostrem o que se passa de mais relevante no mundo. Para saber o que há de novo basta seguir a conta do canal no Twitter ou subscrever a newsletter diária que indica os vídeos mais recentes na caixa de email do utilizador.

Além do Newswire, o YouTube lança outras duas iniciativas também relacionadas com vídeos amadores de testemunho, o WITNESS Media Lab, para garantir que as imagens captadas pelos cidadãos possa servir como uma ferramenta pelos direitos humanos; e o First Draft Coalition, onde um grupo de pioneiros em media sociais terão como função formar os jornalistas sobre como devem ser analisados os vídeos amadores e usados tendo em conta questões éticas. O First Draft terá um site a funcionar no final do Verão.