Hotéis do Porto com ocupação a 80% para o São João

O programa do São João começou a 23 de maio e estende-se até 4 de Julho com cerca de 200 iniciativas promovidas pela câmara do Porto.

Espanhóis e britânicos lideram reservas na hotelaria
Foto
Espanhóis e britânicos lideram reservas na hotelaria Miguel Nogueira

A taxa de ocupação das unidades hoteleiras de quatro e cinco estrelas do Porto ronda os 80% para a noite de São João e há hotéis já lotados, revelou neste domingo a entidade do Turismo do Porto e Norte.

Quanto à nacionalidade das reservas feitas nos 50 hotéis, a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal destaca que a percentagem de estrangeiros é superior à de portugueses "com os espanhóis na liderança, logo seguidos dos ingleses".

"O São João é uma das romarias mais comemoradas no norte e tem assumido, nos últimos anos, uma importância crescente na oferta turística que a região disponibiliza a quem nos visita", destaca o presidente da TPNP, lembrando os "milhares de visitantes" que procuram a cidade nesta altura.

Melchior Moreira salienta ainda que as festas de São João fazem "há muito que esta romaria, em articulação com as entidades públicas e privadas, faz parte da aposta de promoção do território, assente, acima de tudo, numa proposta integrada das festas de S. João".

"Embora a data se celebre de 23 para 24 de Junho, as cidades começam muito antes a viver" os festejos de São João, assinalados não só no Porto e em Vila Nova de Gaia mas também em Braga e Vila do Conde.

Para a Turismo do Porto e Norte de Portugal "este enquadramento possibilita ao visitante conhecer o São João do Porto, de Vila Nova de Gaia, de Braga e o de Vila do Conde, permitindo aumentar o tempo de permanência na região, o que se reflecte, desde logo, num maior dinamismo económico e numa maior projecção do Porto e Norte dentro e fora de portas".

O programa do São João começou a 23 de maio e estende-se até 4 de Julho com cerca de 200 iniciativas promovidas pela câmara do Porto, orçadas em 300 mil euros.

O valor global da programação é superior em 20% ao de 2014, mas esse aumento é suportado pelos patrocinadores, explicou Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, que organiza o evento em colaboração com a empresa municipal Porto Lazer.
Os festejos começaram com um baile na Alameda das Fontainhas e, para aquela que é a noite mais longa do Porto, está marcado um concerto de José Cid na Avenida dos Aliados pelas 01:00.

Na mesma noite e local assiste-se, pelas 23:00, ao "São Baloeiro", uma largada de mais de 120 balões de S. João, que assinala o fim do projecto que, durante uma semana, ensina quem quiser a fazer balões de fogo.

À meia-noite chega o tradicional fogo-de-artifício no rio Douro e na ponte Luiz I, numa produção conjunta entre as câmaras do Porto e de Gaia, com um custo estimado de 50 mil euros.

Sugerir correcção