Ronaldo é o terceiro desportista mais bem pago do planeta

À frente do português, na lista elaborada pela Forbes, estão somente dois pugilistas.

Fotogaleria
1.º: Floyd Mayweather (boxe), 300 milhões de dólares/ano Al Bello/Getty Images/AFP
Fotogaleria
2.º: Manny Pacquiao (boxe), 160 milhões de dólares/ano Steve Marcus/Reuters
Fotogaleria
3.º: Cristiano Ronaldo (futebol), 79,6 milhões de dólares/ano JUan Medina/Reuters
Fotogaleria
4.º: Lionel Messi (futebol), 73,8 milhões de dólares/ano PIERRE-PHILIPPE MARCOU/AFP
Fotogaleria
5.º: Roger Federer (ténis), 67 milhões de dólares/ano FILIPPO MONTEFORTE/AFP
Fotogaleria
6.º: LeBron James (basquetebol), 64,8 milhões de dólares/ano Ezra Shaw/Getty Images/AFP
Fotogaleria
7.º: Kevin Durant (basquetebol), 54,1 milhões de dólares/ano Mark D. Smith-USA TODAY Sports
Fotogaleria
8.º: Phil Mickelson (golfe), 50,8 milhões de dólares/ano Andy Lyons/Getty Images/AFP
Fotogaleria
9.º: Tiger Woods (golfe), 50,6 milhões de dólares/ano Brian Spurlock-USA TODAY Sports
Fotogaleria
10.º: Kobe Bryant (basquetebol), 49,5 milhões de dólares/ano Jerome Miron-USA TODAY Sports

Floyd Mayweather, Manny Pacquiao e Cristiano Ronaldo. É esta a composição do pódio de 2015 dos desportistas mais bem remunerados do mundo. O ranking é elaborado pela revista Forbes, que aponta para 79,6 milhões de dólares (70,2 milhões de euros) o rendimento anual do futebolista do Real Madrid.

O recente combate entre Mayweather e Pacquiao foi um bom indicador das verbas astronómicas que rodeiam as coqueluches do pugilismo mundial. E ajudou a que o norte-americano chegasse aos 300 milhões de dólares (265 milhões de euros) - entre Junho de 2014 e Junho de 2015, o horizonte temporal traçado pela Forbes -, bastante mais que o derrotado desse frente-a-frente. Pacquiao embolsou 160 milhões de dólares (141,3 milhões de euros).  

E se os rendimentos dos reis do ringue foi sustentado essencialmente pelos salários, e prémios de vitória, no caso de Cristiano Ronaldo é maior o equilíbrio entre os proveitos dos vencimentos (46,4 milhões de euros) e dos contratos publicitários (23,8 euros), com marcas como a Nike, a Tag Heuer ou a Herbalife. O internacional português, de resto, repete sensivelmente as receitas do ano passado, mas resvala um lugar no ranking.

Nas redes sociais, Ronaldo não tem nenhum desportista que o supere. Contabiliza 158 milhões de seguidores no Facebook, Twitter e Instagram, mais 65 milhões do que Lionel Messi e Neymar, os dois "perseguidores" nesta corrida muito particular.

Entre as mulheres, a mais bem paga é a tenista russa Maria Sharapova (29,7 milhões de dólares), que ocupa apenas a 26.ª posição no ranking global. A outra mulher com presença no top-100 é a também tenista Serena Williams, que recebe anualmente 24,6 milhões de dólares, ocupando a 47.ª posição.

PÚBLICO -
Foto

A Forbes elaborou ainda a lista das equipas mais valiosas, que é encabeçada por clubes de futebol: Real Madrid (3440 milhões de dólares), Barcelona (3200 milhões de dólares) e Manchester United (2810 milhões de dólares) surgem no topo, seguidos pela equipa de basebol New York Yankees (2500 milhões de dólares).