Escritor Eduardo César venceu o Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz

O Céu dos Invisíveis é a obra premiada

O prémio é entregue em Setembro na Casa de Tormes
Foto
O prémio é entregue em Setembro na Casa de Tormes PAULO RICCA

O escritor Eduardo César, com a obra O Céu dos Invisíveis, é o vencedor da primeira edição do Prémio Literário Fundação Eça de Queiroz, anunciou a organização esta quarta-feira.

Segundo Irene Fialho, representante do júri, o vencedor nasceu em 1978, é natural de Elvas e vive na Alemanha, onde é professor de português.

O prazo das candidaturas decorreu de 25 de Novembro de 2014 e 1 de Março de 2015, tendo sido submetidas 79 propostas de Portugal, Brasil, Alemanha e França. Quinze passaram na pré-seleção.

O júri deste prémio foi constituído por Carlos Reis, Maria do Rosário Cunha, Ana Luísa Vilela, Irene Fialho e Manuel Pereira Cardoso.

O júri deliberou ainda atribuir uma menção honrosa à escritora e poetisa brasileira Bárbara Lia Soares, com a obra As Filhas de Manuela.

A cerimónia de entrega do prémio Fundação Eça de Queiroz e lançamento do livro ocorrerá na Casa de Tormes, em Santa Cruz do Douro, concelho de Baião, no dia 9 de Setembro.

Naquele dia assinalam-se os 25 anos da constituição da Fundação Eça de Queiroz.