Jorge Jesus a caminho do Sporting e Rui Vitória apontado ao Benfica

O treinador que levou o Benfica ao bicampeonato terá um acordo válido por três temporadas com os "leões". Para já, a única reacção do Benfica surgiu do seu director de comunicação e foi violenta.

Foto
Jorge Jesus orientou o Benfica nas últimas três temporadas REUTERS/Miguel Vidal

A informação correu célere ao final da noite de quarta-feira. Jorge Jesus será treinador do Sporting nas próximas três épocas. Segundo avançava a SIC, o técnico chegou a acordo com os "leões" durante a tarde.

O PÚBLICO tentou confirmar a informação, mas, oficialmente, ninguém o quis fazer. De qualquer forma, o treinador que nas últimas seis temporadas orientou o Benfica e que durante esse período levou os “encarnados” à conquista de três campeonatos, uma Taça de Portugal, cinco Taças da Liga e uma Supertaça, para além de ter levado o clube a duas finais (perdidas) da Liga Europa, é dado como certo por vários jornais e televisões como o sucessor de Marco Silva no comando técnico dos “leões”.

Luís Filipe Vieira e Jorge Jesus não chegaram a um entendimento em relação à continuidade do treinador na Luz. A necessidade de reduzir o salário (cerca de quatro milhões de euros brutos por ano) e a perspectiva de um plantel construído com menor folga financeira terão dificultado a permanência do treinador bicampeão nacional no clube, onde estava há seis épocas.

Já em Alvalade, o clima de tensão permanente e mal disfarçada entre o presidente Bruno de Carvalho e o técnico Marco Silva tornaram o divórcio inevitável e nem a conquista da Taça de Portugal impediu esse desfecho. Os “leões” não terão perdido tempo, aproveitando esta janela de oportunidade que os condicionalismos financeiros existentes na Luz originaram e avançaram para Jesus.

O aliciante de recolocar o Sporting no topo, bem como um ordenado condizente com o desafio (o DN fala em seis milhões de euros brutos por ano ao que a TSF acrescenta a informação de que Jesus receberá um prémio de assinatura de cinco milhões de euros), terão feito o resto.

Segundo o Diário de Notícias, que avançou inicialmente a notícia do acordo entre Jesus e o Sporting, a contratação do treinador será financiada por um patrocínio da Guiné Equatorial e pela empresa Holdimo, detida pelo angolano Álvaro Sobrinho, ex-presidente do Banco Espírito Santo Angola. A Holdimo detém 29,8% da SAD do Sporting, faltando saber se reforçará o seu poder na sociedade anónima desportiva "leonina".

O Sporting, por outro lado, terá de resolver a situação de Marco Silva, treinador que tem contrato com o clube.

Até à hora da última actualização desta notícia, nem o Benfica nem o Sporting comunicaram à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) qualquer mudança na liderança técnica das equipas, algo que estão obrigados a fazer pelo facto de a escolha de um novo treinador ser considerada informação relevante para a actividade das SAD.

 A confirmar-se a sua transferência para Alvalade, o Sporting será a 12.ª equipa que Jorge Jesus treinará, regressando a um clube com o qual tem uma relação sentimental: Jesus foi jogador "leonino", embora sem grande sucesso, e o pai, Virgolino Jesus, também representou a formação de Alvalade. 

Curiosamente, o primeiro jogo oficial que Jesus irá realizar como treinador do Sporting será a Supertaça, agendada para 9 de Agosto, precisamente frente ao Benfica.

Rui Vitória apontado ao Benfica e reacção "encarnada"
O Benfica não quis, por enquanto, comentar as notícias da saída de Jorge Jesus. Apenas João Gabriel, director de comunicação do clube, reagiu. E fê-lo de forma violenta: "Sou grato a Jesus pela ingratidão que revelou. Mostrou que merecíamos mudar!", publicou João Gabriel no Twitter.

O director de comunicação do Benfica acrescentou ainda mais três mensagens. "Sou grato a Jesus! Para o ano vamos ter treinador comprometido com o Benfica e não apenas com o seu ego e conta bancária!";  "Sou, finalmente, grato a Jesus porque Alcochete vai deixar de fazer sentido!"; "Sou, ainda, grato a Jesus porque sempre partilhou os títulos com toda a estrutura do Benfica. Solidário com todos. Em Alvalade vai ser igual".

Entretanto, Rui Vitória, treinador do V. Guimarães, tem sido referido há várias semanas como potencial sucessor de Jesus, tendo a RTP na quarta-feira à noite noticiado que Luís Filipe Vieira tem já um acordo com o técnico.

Vitória ainda tem contrato com o Guimarães, pelo que a sua contratação obrigará o Benfica a pagar uma indemnização de cerca de um milhão de euros aos vimaranenses. Rui Vitória já foi treinador da equipa de juniores do Benfica, antes de se ter destacado em Paços de Ferreira e no Vitória de Guimarães, não só pelos bons resultados, mas também pela aposta em jovens jogadores.