DR
Foto
DR

Glasgow Warriors fazem história

Os escoceses venceram pela primeira vez o Guiness Pro 12 após bateram na final da competição o Munster, por 31-13

Os Glasgow Warriors sagraram-se campeões do Guiness Pro 12, um feito inédito para os escoceses. No Kinspan Stadium, em Belfast, 17.057 espectadores assistiram a uma triunfo inequívoco da equipa de Glasgow, que teve a partida sempre sob controlo, não dando hipóteses aos irlandeses do Munster Rugby: 31-13.

Desde que Gregor Townsend pegou nos Glasgow Warriors, em 2012, que as exibições dos escoceses têm subido de qualidade progressivamente, e depois de ter sido derrotada pelo Leinster na final do ano passado (34-12), a formação da Escócia chegou finalmente ao topo. O clube escocês, fundado em 1872, conseguiu desde o comando de Townsend a proeza de chegar á final da fase regular sempre com mais de 70 pontos obtidos (76 em 2012/2013; 79 em 2013/2014 e 75 em 2014/2015).

Nesta final, a primeira parte foi a fonte de todo o deleite com três ensaios do Glasgow apenas rebatido por um do Munster (Andrew Smith). Aos 22 minutos, um arranque poderoso de Gray e Nakarawa levaram Rob Harley a fazer ensaio. Boa posse, boas arrancadas e boas quebras de linhas de vantagem com imensos “carries” fizeram com que o segunda-linha Leone Nakarawa fosse eleito o homem do jogo.

PÚBLICO -
Foto

De novo Nakarava num offload para DTH Van der Merwe (para o ano alinhará nos Scarlets) e Hogg numa arrancada e passe para interior para Pyrgos, trataram de acumular uma vantagem de três ensaios. Andrew Smith ainda reduziu, mas o Munster esteve aquém das suas capacidades, muito por culpa de um Glasgow extremamente determinado e motivado.

Na segunda parte, no minuto 60, Pyrgos alimenta Finn Russelll, que com mais quatro conversões e uma penalidade ao cair do pano de Duncan Weir, firmaram esta inédita vitória para os escoceses.

Sugerir correcção