Fotografia

Há uma comunidade isolada de 150 agressores sexuais na Flórida

Fotogaleria

No sul da Flórida, nos EUA, existe uma localidade onde vivem isolados cerca de 150 agressores sexuais. Durante o período de três meses, a fotografa Sofia Valiente viveu e documentou a vida dentro de Miracle Village, descobrindo as histórias e o quotidiano daqueles que, para o exterior, não são mais do que o rótulo que lhes foi colocado. Em entrevista ao P3, a fotógrafa admitiu partilhar, inicialmente, do preconceito que prevalece nas mentes da maioria dos cidadãos norte-americanos, o de que estas pessoas são monstros e que devem viver à margem da sociedade. Acabou por descobrir que, afinal, também eles "são humanos, como todos nós". Miracle Village foi fundada pela Igreja Católica e situa-se a mais de oito quilómetros da aldeia mais próxima e a 64 de distância de uma cidade. A lei que vigora no estado da Flórida exige que todos os agressores sexuais vivam a mais de 2,5 milhas (aproximadamente quatro quilómetros) de qualquer paragem de autocarro, escola ou local onde crianças frequentam, e que se apresentem perante as autoridades de cada vez que mudam de residência para outra cidade, informando as mesmas dos crimes que cometeram. Sofia Valiente viveu dentro desta comunidade durante três meses consecutivos, na companhia de apenas duas mulheres. "Muita gente me pergunta como é que foi viver lá: demorou até ganhar a sua confiança, como pessoa; tinham medo de mim, de dizer algo errado, assim como eu tinha medo deles. Não falávamos apenas do passado ou do futuro, falávamos de muita coisa. Apercebi-me que falar do crime era, para eles, como um disco riscado. Foi algo que contaram vezes sem conta e é algo que define as suas vidas para sempre. Aconteceu há muito tempo e querem ultrapassar isso. É por isso que no meu livro escolhi falar mais do presente." O projecto demorou um ano e meio a ser terminado e o livro "Miracle Village" pode ser adquirido no website da autora. Sofia ganhou o primeiro prémio da categoria de Retrato do World Press Photo de 2015; já viu o seu trabalho publicado na "Time", "The Guardian", "L'Oileil de la Photographie", "American Photo", entre outras publicações. Ana Maia

As casas numeradas de Miracle Village
Paul
David
David
Matt
Richard
A igreja de Miracle Village
Rose - a única mulher abusadora sexual de Miracle Village
Lee
David
David
Gene
Doug
Doug
O livro