Sei o que fotografaste na noite passada

Fotogaleria

A fotógrafa Nina Robinson desenvolve o projecto "Remember Last Night" há quatro anos, mas garante que não sente que esteja a trabalhar enquanto fotografa as festas e a vida nocturna de Nova Iorque. Em entrevista ao P3, confessa a principal motivação para iniciar o projecto: "Foi fruto da necessidade de conhecer pessoas e de criar uma nova base numa nova cidade. Na altura, além de fotografar concertos, trabalhava num café, num bar e numa loja de roupa em Lower East Side. Documentar a vida nocturna é uma distracção e uma diversão que me afasta da realidade: estar sem dinheiro, exausta e com dúvidas sobre a direcção da minha carreira. Costumava sair à noite com frequência, quando vivia em São Francisco. Tinha muitas memórias de momentos divertidos, mas também de muitos momentos de irresponsabilidade. Quando me mudei para Nova Iorque, as coisas mudaram. Em vez de me 'destruir' nas festas, uso a minha câmara para captar algumas dessa nostalgia." As imagens de Robinson não passaram despercebidas aos próprios bares que frequenta: "Comecei a ser contratada com frequência para fotografar festas. Os clientes diziam 'gosto do teu estilo, mas podias fazer fotografias com pose?' Odeio fazer isso. E só o faço com estrita indicação do cliente. Fotografo o que vejo, mas como em qualquer concerto, fotografo o que me pedem e depois fotografo para mim." Nina trabalha sobretudo na perspectiva documental e faz uso do retrato com frequência. Mora no bairro Melrose, no Bronx, e fundou a "Bronx Documentary Centre's Photo League", que propõe intervenção social através do ensino e publicação de fotografia documental sobre o distrito. A autora já viu o seu trabalho publicado no Lens Blog, do New York Times, e na GUP Magazine. É também possível seguir o trabalho de Nina através da sua conta no instagram. Ana Maia

Sugerir correcção