Instagram

Fotógrafos unem-se para documentar sismos no Nepal

12 de Maio. Om Clinic em Badgol foi evacuada após o último abalo sísmico (12 Maio). Alston Angelo D'Silva
Fotogaleria
12 de Maio. Om Clinic em Badgol foi evacuada após o último abalo sísmico (12 Maio). Alston Angelo D'Silva

Logo após o primeiro sismo de grande magnitude que atingiu o Nepal, no dia 25 de Abril, havia uma enorme dificuldade em perceber que zonas tinham sido afectadas e qual o grau de destruição que tinha sido causada. Tara Bedi (escritora) e Simut Dayal (fotógrafo) resolveram criar, no dia seguinte uma rede de fotógrafos que fariam cobertura, via instagram, de tudo o que se seguiu ao sismo, aproveitando a possibilidade de inclusão de legendagem para melhor contextualizar as fotografias e as situações que observavam. O projecto intitula-se Nepal Photo Project e está presente no instagram e no Facebook. Os fotógrafos que contribuem oficialmente são Nayantara Gurung Kakshapati, Bhushan Shilpakar, Saagar Chhetri, Kishor Sharma e Shikhar Bhattarai. Fotógrafos externos, sob a tag #nepalphotoproject, podem também contribuir, avolumando o grau de informação e de histórias partilhadas. Os fotógrafos foram desafiados a criar fotografias que comuniquem algo significante ou que tenha um intuito - não apenas a devastação, mas também links para campanhas de recolha de fundos, fotografias de pessoas desaparecidas, acompanhamento das operações de resgate, iniciativas civis de voluntariado, e links para artigos ou imagens relevantes. O NPP está em constante actualização e estão já disponíveis dezenas de imagens relativas ao dia 12 de Maio — marcado por mais uma réplica.

12 de Maio. Krishna Bahadur Bhojan, 70 anos, de Kavre - cerca de 60 km de Dhulekhel. @zishaanakbarlatif
12 de Maio. As ruas de Jawlakhel estão caóticas após sismo de 7.4. Ria Gyawali
12 de Maio. Exércio nepalês na praça Darbar, Kathmandu. @sujatroghosh
12 de Maio. Os Dream Doctors estão em Katmandúanimando as crianças. @samreinders
12 de Maio. As pessoas mantêm-se afastadas de edifícios, nas ruas. @sumitdayal
12 de Maio. Médicos tratam jovem paciente no exterior do hospital na capital nepalesa. @shikharbhattarai
11 de Maio. Mulher procura os seus pertences nos destroços de sua casa. @choudharyravi
11 de Maio. Até dia 12 de Maio, o mosteiro tinha resistido aos sismos. @prashanthvishwanathan
11 de Maio. Diante do templo destruído Hanuman Dhoka, Nepal. @choudharyravi
10 de Maio. Mulher caminha com o seu filho num campo improvisado. @burhaan_kinu
10 de Maio. Dois voluntários levam mantimentos para a remota aldeia de Chhogam. Girish Rajbhandari
10 de Maio. Residentes de Bhaktapur dão início ao processo de reconstrução. @samreinders
9 de Maio. Mulher de 84 anos lê
7 de Maio. Mulher nepalesa passeia entre destroços em Barpak in Gorkha. @kishorksg
6 de Maio. Crianças brincam em Nallu, Lalitpur. @prashanthvishwanathan
5 de Maio. Menina fica ferida durante o sismo que atingiu 7.8 de magnitude. @choudharyravi
5 de Maio. Soldado nepalês diante de edifício destruído pelo sismo. @arunkthakur
2 de Maio. Yangu Dong tem 105 anos e sobreviveu ao sismo. @zishaanakbarlatif
1 de Maio. Nayan está na varanda da única casa que se mantém de pé em Yugdol. @sumitdayale
29 de Abril. Kirtipur, Nepal. Photo by @prashsanthvishwanathan
29 de Abril. A maioria das casa em Bhaktapur ficou arrasada após o sismo. @sachindrarajbansi
29 de Abril. Dentro de um helicóptero da força aérea indiana. @riteshuttamchandani