Já lá vão 600 anos de tripas à moda do Porto

O prato típico da invicta já é saboreado desde 1415.

Foto
Fernando Veludo/nfactos

No dia 14 de Maio, a Praça Gomes Teixeira, no centro do Porto, vai ser o local escolhido para um almoço que convida toda a população a experimentar tripas à moda do Porto.

Conhecidos como “tripeiros”, os portuenses começaram a apreciar as tripas depois de, em 1415, terem cedido as carnes que tinham à armada do Infante D. Henrique quando esta partiu para a conquista de Ceuta, tendo apenas sobrado as vísceras para se alimentarem. A Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP) vai celebrar os 600 anos deste prato com uma programação especial que inclui uma prova de degustação de “Tripas à Moda do Porto”.

O programa começa no final da manhã, pelas 11h, com uma conferência no Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Porto (UP) com o tema “600 anos das tripas”. Durante a manhã o arqueólogo e historiador Joel Cleto faz uma contextualização histórica e o especialista da FCNAUP, Vítor Hugo Teixeira, apresenta uma palestra sobre o valor das tripas na alimentação portuguesa.

A degustação, na qual todos podem participar, começa pelas 12h20 na Reitoria da UP com um almoço solidário organizado pela Confraria Gastronómica das Tripas à Moda do Porto. Ao mesmo tempo, actua a Tuna Feminina da Associação de estudantes da FCNAUP. Seis restaurantes típicos do Porto, auxiliados pelos Serviços de Acção Social da UP, apresentam as suas refeições, que também vão estar disponíveis nas cantinas da universidade. Quem quiser experimentar esses sabores deve contribuir com um valor simbólico que será, mais tarde, entregue a uma instituição de solidariedade do Porto.

Durante a tarde, é a cultura que vai estar em destaque com a visita “A Descobrir o Centro Histórico, Património Mundial” que vai desde a Câmara Municipal até à Casa do Infante. Nesse espaço começa o percurso cultural sobre a gastronomia típica do Porto com apresentação de tradições, documentos de arquivos e exploração de uma maquete interactiva do Porto Medieval. No centro interpretativo do museu vão apresentar-se os “Novos sabores vindos de longas viagens”.

A programação encerra com uma visita ao World of Discoveries, um parque temático dedicado aos Descobrimentos portugueses.

Texto editado por Ana Fernandes

Sugerir correcção