Fotogaleria
Transcrição do poema de Herberto Helder pintado na parede do quarto da Real República Palácio da Loucura
Fotogaleria
DR

Um filme, uma exposição e um arquivo on line: E vivam as Repúblicas!

“Ao encontra das Repúblicas" é uma exposição de fotografias que aborda o processo de construção colectiva do documentario “A Bordo”, sobre a vida numa das mais antigas repúblicas de Coimbra, a Prá-Kys-Tão

Não são apenas uma originalidade nacional. São, porventura, um caso único no mundo inteiro. As repúblicas, em Coimbra, ultrapassam em muito a mera descrição de residência de estudantes — mesmo que, entre elas, tenham estado nomes como Herberto Helder ou Manuel Alegre — e no ano em que a Universidade de Coimbra, no seio da qual elas surgiram, comemora 725 anos de vida, elas vão ser, naturalmente, chamadas à festa.

O primeiro "round" foi em Março, no Kalifa, um espaço da Real República do Rás-Teparta. Vai repetir-se agora, na Casa de Cultura de Coimbra, com a reposição da exposição de fotografias “Ao Encontro das Repúblicas”, um acervo que relata o processo colectivo de construção do documentário "A bordo!”, da autoria da produtora Prevencion Producion.

Trata-se de uma curta-metragem documental sobre a vida nas Repúblicas de Coimbra a partir do caso particular da Real República Prá-Kys-Tão. Javier Hedrosa, que assina a realização, e Cristina Casales, que assina a edição, vieram a Coimbra fazer um Erasmus. Voltaram uns meses mais tarde, para viver nesta República, que fica na velhinha Casa da Nau - velhinha na idade, pois fica num edifício do século XV, e velhíssima no aspecto, já que está quase na eminência de colapso, como argumentavam os repúblicos que foram para as plataformas de "crowdfunding" tentar arranjar meios para avançar com obras que o senhorio não consegue fazer.

Semana Cultural UC 725 Anos # 23/03 a 29/03 & Real República do Prá-Kys-Tão by Cultura Ruc on Mixcloud

O documentário não aborda o percurso histórico desta república, fundada em 1951, mas antes o presente, e o dia a dia dos seus sete moradores. O guião do documentário é um resultado da escrita colectiva de todos eles. O filme vai voltar a ser exibido esta esta quarta feira, 15 de Abril, também na Casa Municipal da Cultura de Coimbra.

A partir do próximo dia 28 estará online o Projeto R - Arquivo Digital das Repúblicas. Esta plataforma vai disponibilizar, de forma gratuita, conteúdos relativos às repúblicas de estudantes, transformando-se num repositório exaustivo e ordenado de toda a informação existente relativa à história destas instituições. O lançamento oficial esta agendado para as 22h00 e teria lugar no Ateneu de Coimbra.