Ípsilon

Livros

“Eça gostava do Brasil mas non troppo

O século XIX de Eça de Queirós, Machado de Assis e do romance de adultério. O professor da Universidade de Coimbra Carlos Reis abriu os encontros Minha Língua, Minha Pátria na Livraria Cultura, em São Paulo.