Ípsilon

Livros

Gastão Cruz: um leitor sobrevivente

Gastão Cruz começou a ler poesia contemporânea portuguesa ao mesmo tempo que a escrevia. Na sua biblioteca está essa intimidade com a mais importante poesia da segunda metade do século XX. “Tive a sorte de ter amigos que admirava e que pude acompanhar e ler à medida que iam fazendo as suas obras”, diz.