O kit genético desenvolvido pelos espanhóis pode ser encomendado online Tellmeen/ DR
Foto
O kit genético desenvolvido pelos espanhóis pode ser encomendado online Tellmeen/ DR

Um kit genético "low cost" para veres o teu mapa de saúde online

Com uma amostra de saliva, o kit da TellmeGen permite identificar no ADN “mais de 260 itens de informação”. Em Portugal, estes testes genéticos de venda directa ao público são proibidos

Apresentam-se como “a primeira empresa europeia” que disponibiliza mapas de saúde financeiramente acessíveis ao público em geral e criaram um sistema que permite conhecer através da internet toda a informação genética de um indivíduo. “Os genes não te definem, mas ajudam a entender-te”, acreditam os sete jovens de Valencia que criaram a TellmeGen.

O kit genético desenvolvido pelos espanhóis pode ser encomendado online e permite, com uma simples amostra de saliva, identificar no ADN “mais de 260 itens de informação”, explicaram ao El Mundo. O comprador faz a recolha de saliva em casa, enviando depois para a empresa a amostra. No prazo de 40 dias recebe online o seu “mapa de saúde”.

O preço do produto é um dos grandes trunfos da TellmeGen: o kit deverá ser vendido por 275 euros, um valor altamente competitivo quando comparado com as outras ofertas do mercado, “que podem superar os 3000 euros”, escreve a agência EFE, citada pelo ABC. A ideia, explicou à agência espanhola o director geral Ramón Catalá, é que este kit contribua para a “democratização” da informação genética.

PÚBLICO -
Foto
Parte da equipa do TellmeGen DR

Os dados fornecidos pelo exame permitem, por exemplo, saber qual a predisposição genética para desenvolver doenças como cancro ou Parkinson, comparando as probabilidades da pessoa com as da população em geral; conhecer traços genéticos e riscos de desenvolver obesidade; e ainda compatibilidades de certos medicamentos e tratamentos.

Juntamente com esta informação, a TellmeGen fornece recomendações em matéria de prevenção e dá acesso a um fórum onde se pode interagir com profissionais de saúde. “Agora estamos a trabalhar para incluir nos nossos serviços consultas individuais com especialistas”, disse ao El Mundo Ramón Catalá.

As amostras de ADN são analisadas no Instituto de Investigación Sanitaria Incliva através de um sistema com uma “confiabilidade de 99,99%”. E como o risco de desenvolver determinadas doenças varia com a idade, a empresa compromete-se a ir actualizando a informação do cliente ao longo do tempo.

A investigação dos jovens, que tem já quatro anos de estudo, conta com o apoio logístico e financeiro do programa Lanzareda, do presidente da cadeia de supermercados Mercadona, Juan Roig.

A questão dos testes genéticos teve em 2013 um pico de mediatização, quando Angelina Jolie se submeteu a uma dupla mastectomia preventiva. Voltou agora à baila, com a revelação feita pela actriz norte-americana de que retirou os ovários e as trompas de Falópio para não correr o risco de desenvolver cancro nestes órgãos.

Em Portugal, os testes genéticos de venda directa ao público foram proibidos em Setembro de 2014. No sentido oposto, nos Estados Unidos da América foi aprovada em Fevereiro deste ano a venda directa de um teste de genética médica.