Torne-se perito

Fuligem é a melhor curta portuguesa de animação no Monstra

Festival termina este domingo com a exibição dos filmes premiados.

Foto
Fuligem obteve a unanimidade do júri "por possuir todos os predicados que se pedem a um filme desta natureza” DR

O filme Fuligem, dos portugueses David Doutel e Vasco Sá, venceu o Prémio SPA - Vasco Granja para Melhor Curta Metragem Portuguesa na 14ª edição do festival de cinema de animação Monstra, que termina este domingo com a exibição dos filmes premiados.

Fuligem obteve a unanimidade do júri "por possuir todos os predicados que se pedem a um filme desta natureza” e, ainda na secção de Competição Portuguesa, ficou também com o Prémio do Público. Já na secção de Competição Internacional de Curtas, recebeu o Prémio Especial do Júri.

Já nas longas, O Conto da Princesa Kaguya, a mais recente obra do japonês Isao Takahata, foi o vencedor do Grande Prémio RTP. Conta a história de uma menina encontrada dentro de uma cana de bambu que, depois de criada por um cortador de bambu e a sua mulher se muda para a grande capital, tornando-se numa requintada jovem que cativa todos os que a conhecem. “Tocante”, disse o júri.  Na mesma secção, Ovelha Choné, de Mark Burton e Richard Starzak (Reino Unido), recebeu o Prémio do Público e o prémio para o Melhor Filme para a Infância e Juventude. O filme Song of the Sea, de Tomm Moore (Irlanda) teve a Melhor Banda Sonora e o Prémio Especial do Júri.

Nas curtas internacionais, Man on the Chair, de Dahee Jeong (França) teve o Grande Prémio RTP e nas Curtíssimas, dedicada a filmes com menos de dois minutos, os vencedores foram os filmes Cupidioulous, de Panop Koowat (Competição Internacional), e Home Dog, de Emanuel Barros (Melhor Curtíssima Portuguesa - Prémio FNAC).

Na Competição de Estudantes, a curta Mend and Make Do, de Bexy Bush Bush (Reino Unido), recebeu a Melhor Curta de Estudantes Internacional - Prémio Carl Zeiss Vision, e Tele-Sofia, de Ana Fernandes, Manuel Sá e Nuno Mendanha, recebeu o Prémio Carl Zeiss Vision para Melhor Curta de Estudantes Portuguesa.

O prémio Melhor Filme Monstrinha foi para o filme A Single Life de Job, de Joris e Marieke (Holanda) e na Competição Cinema Mais Pequeno do Mundo, uma das novidades da edição deste ano, o Amendoim de Ouro foi atribuído ao filme Supervenus, de Frederic Doazan (França).

A 14ª edição do Monstra termina este domingo com a exibição dos filmes vencedores no Cinema São Jorge às 18h (curtas) e às 22h (longa) e no Cinema City Alvalade às 20h (curtas) e 22h (longa).

Sugerir correcção