“Olhos de Coruja”, de Bordalo II DR
Foto
“Olhos de Coruja”, de Bordalo II DR

Google Art Project já tem arte urbana portuguesa

O Google Art Project decidiu anexar novos trabalhos, sendo que 192 deles são portugueses. “Olhos de Coruja”, de Bordalo II, é um das obras escolhidas

O Google Art Project é um projecto da Google que, em colaboração com alguns museus de todo o mundo, oferece visitas digitais a algumas das maiores galerias de arte do mundo. Este serviço começou em Fevereiro de 2011 e, ano após ano, tem angariado mais obras de arte. A arte urbana apenas foi anexada a este projecto no ano passado, com a inclusão de cinco mil obras.

Olhos de Coruja” é um dos temas presentes neste projecto da Google. Considerado um dos 25 melhores trabalhos de 2014, junta-se a outros trabalhos portugueses. O autor, Bordalo II, falou com o JPN e explicou como tudo isto aconteceu. Questionado acerca de como o seu trabalho foi seleccionado, o autor explica que “foi tudo trabalho negociado pela Lara Seixo Rodrigues”. “Ela é que foi a cabecilha deste e de muitos outros projectos”.

Portugal amplamente representado

Portugal mostra estar muito bem representado nesta iniciativa da Google, apresentando trabalhos muito variados. Na secção de “Street Art” é possível encontrar 192 pinturas portuguesas de três grandes nomes: a Galeria de Arte Urbana, o Wool (o festival de arte urbana de Covilhã), com 147 trabalhos, e a Urban Creativity, com 45 trabalhos.

Este projecto pode ajudar a levar os trabalhos destes artistas a outro nível. Porém, o autor de “Olhos de Coruja” mostra ter ideias fortes em relação à sua arte. “É bom sentir que há reconhecimento no nosso trabalho e vê-lo fazer parte de plataformas que o vão levar a mais público. O crescimento como artista é fruto da evolução de todo o trabalho defendido e não apenas por uma peça fazer parte de uma plataforma importante, mas claro que é importante”, afirma.

Para criar obras de arte desta qualidade é necessário muito talento, mas isso só não chega. Bordalo II explica que no seu trabalho procura “criar e expor ideias importantes que tendem a ser ocultadas no mundo onde vivemos”. Pretende, ainda, de forma subliminar, chamar “a atenção para as problemáticas do consumismo exagerado e dos desperdícios fruto do mesmo”. Este projecto pode ser visto através da Internet, mas também é possível ser visualizado na televisão, através do Chromecast, e no telemóvel, utilizando aplicações próprias.