Aqueles que já visitaram Piódão dizem que parece algo saído dos FlintstonesTercio Leal
Foto
Aqueles que já visitaram Piódão dizem que parece algo saído dos FlintstonesTercio Leal

Piódão, essa "adorable portuguese town" dos Flintstones

Artigo do Huffington Post leva milhares a espiarem o 'encanto pitoresco' desta aldeia histórica portuguesa.

Localizada na serra do Açor, Piódão é célebre pelo seu xisto debruado a azul e pela forma como a velha aldeia se dispõe pela encosta. Não será em vão que esta Aldeia Histórica de Portugal é também conhecida como "aldeia presépio". Para mais, está também classificada como Imóvel de Interesse Público. E não há quem resista a fotografá-la de alto a baixo.

Esse é também um dos motivos que levou o influente portal Huffington Post a destacar esta povoação do centro de Portugal, no concelho de Arganil, distrito de Coimbra. No título, adiantam logo que é "adorável". Mas vão mais longe: "Parece saída directamente dos The Flinstones", numa referência a esses heróis familiares que vivem aventuras na idade da Pedra.

"Viver sob uma rocha não é necessariamente uma coisa boa, mas e viver dentro de uma rocha? Isso é completamente normal, caso viva nesta antiga povoação em Portugal." Assim arranca o texto sobre Piódão, escrito por Carly Ledbetter, editora associada do Huffington Post para temas de Lifestyle, que escreve, assinalam, sobre "coisas que fazem as pessoas felizes".

PÚBLICO -
Foto
Luis Ascenso Photography

E Piódão estará decerto a fazer muita gente feliz, já que o artigo, só no site, somava mais de dois mil likes e partilhas, entre posts no Facebook, tweets e pins no Pinterest.

No pequeno texto (o que conta aqui, especialmente, são, claro, as fotos), resume-se ainda a terra, uma "popular atracção turística" "quase completamente feita em xisto", sendo "absolutamente de tirar o fôlego" no seu "encanto pitoresco". Em termos de detalhes históricos, o Huff fica-se por referências como "foi outrora um refúgio para fugitivos (eek!)" (sic).

Sobre a conjugação que a torna um postal perfeito, diz-se que "rezam as lendas locais que a população antes estava tão isolada que só tinha uma cor de tinta, azul, por isso tudo o que não é pedra é pintado no mesmo tom".

Ainda sobre a idade da Pedra: "Aqueles que já visitaram Piódão dizem que parece algo saído dos Flintstones". A referência, na verdade, vem até de um comentário de um utilizador do TripAdvisor, escrito na sua apreciação de uma afamada casa de turismo rural local, a Casa da Padaria.