DR
Foto
DR

Os irreverentes Exeter Chiefs já estão em segundo

Os líderes Northampton Saints não passaram em Gloucester (33-33) na 17ª jornada da Premiership

Numa 17.ª jornada da Premiership onde os Wasps sofreram a primeira derrota nesta época em casa – os Saracens foram os autores da proeza -, Bath e Leicester Tigers aproveitaram para se aproximar do terceiro lugar. Os Northampton Saints, apesar de estarem a passar por alguma irregularidade em termos exibicionais, conseguiram recuperar de um 23-9 ao intervalo frente ao Gloucester, para arrancar um precioso empate a 33 pontos.

Na abertura da jornada, o Bath teve dificuldade em bater os Sale Sharks, num jogo de penalidades em que Tom Homer converteu quatro e Cipriani apenas uma (12-3). Já os Harlequins, receberam os London Irish, tendo conseguido uma vitória difícil (26-20), mas que os mantém no oitavo lugar.

Quanto à deslocação dos London Welsh a Exeter, a equipa dos Chiefs viu-se momentaneamente surpreendida por dois ensaios madrugadores dos “exilados galeses”, mas logo começaram a abrir o livro que os levaria à marca final de 10 ensaios e uma incontestável vitória (74-19). Thomas Waldrom, n.º 8 dos Chiefs, foi o autor de dois toques de meta, perfazendo 12 nesta época, a cinco jornadas do fim da fase regular. A equipa de Exeter, que sempre andou entre o 5.º e o 8.º lugar, deu um salto para a vice-lderança, mas os jogos que aí vêm, vão ser uma verdadeira prova de fogo: Tigers, Saints, Wasps, Saracens e Sale Sharks.

PÚBLICO -
Foto

Os Wasps receberam na Ricoh Arena os Saracens e não conseguiram manter a invencibilidade em casa, ao terem perdido por 17-26. Os Newcastle Falcons ainda causaram um calafrio aos Leicester Tigers, mas estes acabariam por vencer fora, por 16-12.

No embate da jornada, que terminou com 66 pontos equitativamente divididos por ambas as equipas, o Gloucester entrou com muita determinação frente aos Saints, mostrando um belíssimo râguebi com os únicos ensaios na primeira parte a surgirem do lado dos “cherry and white”, através de Charlie Sharples e Hibbard, aos 23 e 28 minutos, respectivamente. O ensaio de Sharples resultou de um turnover e duas fintas fatais de James Hook, o abertura de Gloucester, que com um pontapé abriu na direita, onde surgiu o ponta que só parou depois de ter feito toque de meta.

Já na segunda parte, assistiu-se a uma troca de ensaios, com James Wilson a marcar aos 41’ para os Saints, Dan Murphy aos 45’ para o Gloucester e novamente James Wilson pelos Saints aos 48’. Greig Laidlaw fez os mesmos pontos de Stephen Myler (18), tendo a decisão do resultado final ficado à responsabilidade de Samu Manoa, o “8” dos Saints, que marcou ensaio aos 78’, convertido por Myler.

Sugerir correcção