Latim (errado) de Lopetegui para Jorge Jesus

Treinador do FC Porto usou uma expressão em latim para responder ao do Benfica, mas enganou-se.

Lopetegui tem surpreendido nas escolhas que tem feito para o "onze" titular do FC Porto em alguns jogos desta época
Foto
Lopetegui tem surpreendido nas escolhas que tem feito para o "onze" titular do FC Porto em alguns jogos desta época GENYA SAVILOV/AFP

Confrontado com as recentes declarações de Jorge Jesus sobre queixas dos "dragões" pelas arbitragens na Liga, Julen Lopetegui respondeu ao técnico do Benfica usando uma expressão em latim.

"Eu não falei das arbitragens. Estão confundidos. Falei de azar, nada mais. E não me dirigi a nenhuma equipa, mas apenas uma respondeu", disse Julen Lopetegui, antes de soltar a expressão latina "Excusatio non petita, culpabilita manifesta", que pode traduzir-se como "quem se desculpa sem ter sido acusado, culpabiliza-se".

Só que a expressão não é a correcta, embora o seu sentido seja. O que Lopetegui deveria ter dito seria: "Excusatio non petita, accusatio manifesta".

Julen Lopetegui falava durante antevisão do jogo de domingo com o Sporting, preferindo, depois, não aprofundar o tema das arbitragens. "Estou aqui para falar do Sporting. A nossa energia e concentração estão voltadas para este jogo, que já é suficientemente exigente para desperdiçarmos energia com outras coisas", disse.