Fotogaleria
Fotogaleria
Haemoo, de Sung-bo Shim, é o primeiro filme oriental a abrir o Fantasporto

Fantasporto 2015 está quase aí com 48 antestreias

O Fantasporto 2015 chega ao Porto a 24 de Fevereiro e até 8 de Março passam pelo Rivoli inúmeros filmes, de onde sobressaem 48 antestreias mundiais e europeias. Os bilhetes já estão à venda

O Fantasporto é um dos elementos distintivos da actividade cultural da cidade do Porto e a verdade é que 2015 já tem garantida mais uma edição deste festival dedicado ao cinema fantástico. Os apoios ao evento e o contexto económico contemporâneo pareceram, muitas vezes, ameaçar a realização do “Fantas” mas, nesta terça-feira, a 35.ª edição foi apresentada oficialmente e a película está pronta para começar a rolar a 24 de Fevereiro, com duração até 8 de Março.

Numa das principais vertentes do festival, a de competição dos filmes de cinema fantástico, vão ser apresentadas 43 obras, divididas entre 27 longas-metragens e 16 “curtas”. Aqui, mais uma vez, o Fantasporto mostra os seus trunfos, ao exibir nove antestreias mundiais e 12 europeias.

Mas é na "Secção Oficial Semana dos Realizadores/Prémio Manoel de Oliveira" que está um dos principais focos de interesse desta edição do Fantas. É neste contexto que vai ser exibido "Haemoo", filme candidato às nomeações dos Óscares pela Coreia do Sul e que terá a honra de abrir o festival. “Será assim a primeira vez que um filme oriental abre o Fantasporto“, refere a organização, em comunicado. Nesta secção vão ser exibidos 13 filmes inéditos em Portugal, entre eles duas antestreias mundiais e duas europeias.

Os clássicos também vão marcar presença no Porto. No ano em que se celebram os 100 anos de Orson Welles, “Citizen Kane” e outros filmes do realizador vão ser exibidos no Rivoli. Além disso, Fred Astaire e Ginger Rodgers vão ter direito a uma retrospectiva dos seus filmes, através de exibições de “Top Hat”, “The Gay Divorcee”, “Swing Time”, “Shall we Dance”, Follow the Fleet”, “Flying Down to Rio”, “Carefree” e “The Story of Vernon and Irene Castle”.

Cinema português com 57 filmes

Na 35.ª edição do Fantas, o cinema português vai estar representado com 57 filmes, na vertente “Prémio Cinema Português”, apesar de só lá estar uma longa-metragem, o filme “A Porta 21”, de João Marco. A homenagem, essa, será ao realizador e produtor Fernando Vendrell. Entre a variada programação, que pode ser encontrada no site do Fantasporto ao longo dos próximos dias, o público cinéfilo tem muito por onde escolher.

A organização informa que “livres trânsito” com lugar marcado, para o Grande Auditório do Teatro Municipal Rivoli, já se encontram à venda. Até 15 de Fevereiro, ?cada livre trânsito terá um custo de 80 euros e de 100 euros a partir de 16 de Fevereiro. Já os bilhetes para o festival (5 euros) são vendidos online e nas bilheteiras do Rivoli, onde cada pessoa, ao adquir dois bilhetes para a mesma sessão (excepto as de abertura e encerramento) pagará 7 euros (3,5 euros por bilhete). ?Os bilhetes para as sessões de abertura e de encerramento são vendidos a 6 euros.