Escalada histórica ao topo do El Capitan

Dois americanos subiram ao topo de rocha com 900 metros, sem cordas e outras ferramentas de apoio.

Foto
Kevin Jorgeson e Tommy Caldwell na escalada até ao topo do El Capitan REUTERS/Tom Evans/Elcapreport.com/

Os norte-americanos Kevin Jorgeson e Tommy Caldwell completaram nesta quarta-feira uma escalada livre histórica. Sem apoio de cordas ou outras ferramentas, subiram ao topo do El Capitan, no parque nacional de Yosemite, Califórnia, Estados Unidos, considerada uma das escaladas mais difíceis do mundo.

Jorgeson, de 30 anos, e Caldwell, de 36, subiram até ao pico da chamada Dawn Wall, a 900 metros, sendo os primeiros a fazê-lo sem qualquer apoio de ferramentas. Usaram somente as mãos e os pés. As cordas serviram apenas como elemento de segurança para evitar quedas.

“Este não é um esforço para conquistar. É realizar um sonho”, escreveu Jorgeson, na rede social Twitter, na terça-feira.

Ao longo de 18 dias, os escaladores partilharam fotografias, mapas e os detalhes das suas angústias na difícil missão que agora cumpriram com êxito.