Assinaturas digitais dos diários duplicam com PÚBLICO a liderar

Os cinco jornais viram as vendas das edições impressas cair 8%.

A redacção do Público em Lisboa
Foto
A redaçcão do PÚBLICO em Lisboa Daniel Rocha

As assinaturas digitais dos jornais diários cresceram 116% nos primeiros dez meses do ano passado. Em média, em cada mês entre Janeiro e Outubro, os cinco títulos da imprensa diária totalizaram 11.764 assinantes na Internet. O PÚBLICO lidera o segmento, com uma fatia de 62% do total.

Segundo os dados mais recentes da Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT), o PÚBLICO teve uma média de 7241 assinantes mensais, mais 84% do que no mesmo período de 2013. O jornal começou o ano passado com 6326 assinantes digitais e chegou a Outubro com 9736.

Os números são o reflexo de estratégias na Internet diferentes por parte dos vários títulos, que sentiram uma quebra generalizada na circulação impressa. O Correio da Manhã (que lidera nas edições impressas) e o i têm números residuais de assinantes online. Já o Jornal de Notícias viu as assinaturas dispararem 215%, para os 3127 assinantes, ao passo que no Diário de Notícias subiram 173%, para 1224 assinantes.

Por outro lado, as edições impressas pagas – que agregam vendas em banca, assinaturas e vendas em bloco a empresas e instituições – mantiveram a tendência de queda, com a circulação dos cinco jornais a encolher 8%. No conjunto, os cinco venderam 211.414 exemplares por dia.

O Correio da Manhã mantém-se o líder destacado, com uma circulação paga de 111.865 exemplares por dia, e foi também o que menos caiu, tendo registado uma descida de 3%. O Diário de Notícias caiu 27% (para os 15.233 exemplares diários) e o i desceu 20% (4079 exemplares). As vendas do PÚBLICO e do Jornal de Notícias caíram em ambos os casos 10%, para 21.681 e 58.556 exemplares, respectivamente.

Entre os títulos generalistas, o Expresso tem também um número significativo de assinantes na Internet, embora a APCT ressalve ter dificuldades em distinguir a edição digital do semanário da edição do Expresso Diário, um jornal online lançado pelo Expresso em Maio. Os números indicam uma média mensal de 9249 assinaturas digitais. Este jornal viu as vendas em papel caírem 9%, para 79.247 exemplares.

Sugerir correcção