Pinto da Costa visita José Sócrates

Presidente do FC Porto em Évora a título pessoal.

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, foi nesta terça-feira visitar José Sócrates ao estabelecimento prisional de Évora.

Pinto da Costa afirmou aos jornalistas que estava ali a título pessoal e se deslocou a Évora para visitar uma pessoa que muito preza.

José Sócrates, que tem sido visitado por vários amigos do PS, foi detido a 21 de Novembro e, após interrogatório judicial, ficou em prisão preventiva, por o juiz considerar existir perigo de fuga e de perturbação da recolha e da conservação da prova.

José Sócrates está indiciado dos crimes de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal qualificada num processo que envolve outros arguidos, incluindo o empresário e seu amigo Carlos Santos Silva, também em prisão preventiva.

Abreu Amorim critica
Já na tarde desta terça-feira, Carlos Abreu Amorim, vice-presidente da bancada parlamentar do PSD, criticou Pinto da Costa por ido ir visitar José Sócrates ao estabelecimento prisional de Évora.

Num texto publicado no Facebook, Amorim, adepto do FC Porto, afirmou que a visita de Pinto da Costa foi “uma atitude política”.

“Nada tenho com os comportamentos pessoais de Jorge Nuno Pinto da Costa. Mas se o presidente do meu clube não consegue perceber que o seu gesto constitui uma atitude política inequívoca e de alcance bem mais vasto do que a sua própria circunstância, então o caso ainda pode ser pior do que aparenta. Para mim, é a segunda derrota dolorosa em dois dias”, escreveu o deputado social-democrata, lembrando a derrota do FC Porto frente ao Benfica no domingo.