Robbie Williams: um álbum surpresa no mesmo dia em que saiu o disco dos Take That

Robbie Williams abandonou a boysband em 2012.

Robbie Williams actuou este ano no Rock in Rio Lisboa
Foto
Robbie Williams actuou este ano no Rock in Rio Lisboa Nuno Ferreira Santos

Num acto que parece ter virado moda neste ano, Robbie Williams editou um disco surpresa nesta segunda-feira, no mesmo dia em que chegou às lojas o novo dos Take That, banda à qual o britânico já não pertence.

Under the Radar Volume 1 é uma colectânea de canções antigas que Williams foi deixando de fora. Sem espaço nos seus álbuns, foram ficando na gaveta até agora. Num vídeo publicado no YouTube, o cantor explica que esta foi a forma que encontrou para partilhar canções que de outra forma ficariam apenas no seu computador. “Estou incrivelmente apaixonado por estas canções que escrevi”, diz Robbie Williams.

Por agora, e até ao dia 8 de Dezembro, o disco está disponível para compra no site do cantor por 7, 5 libras (9,4 euros) ou 25 libras (31 euros) para ter um exemplar autografado. Na próxima semana chegará às lojas.

Quem não terá gostado muito da ideia foi Guy Chambers, colaborador de longa data de Williams, e que defendia ser preciso lançar uma campanha de promoção do disco em vez de se fazer um lançamento surpresa. “Ele acha que eu sou um lunático por não editar as canções num álbum promovido com actuações televisivas, rádios e uma digressão. Mas eu sou um tipo impetuoso e quero-as cá fora já, já, já!”, diz o cantor.

Under the Radar Volume 1 sucede assim a Swings Both Ways, editado no ano passado e que chegou aos tops de venda no Reino Unido. Top esse que agora está por conta dos Take That, a banda onde Robbie Williams começou mas da qual já não faz parte.

III é o novo disco da boysband britânica e o primeiro sem Williams que em 2012 abandonou o grupo – pela segunda vez. Além de Robbie Williams, também Jason Orange deixou a banda, agora entregue ao trio Gary Barlow, Mark Owen e Howard Donald. A imprensa britânica sugere, no entanto, que um reencontro dos cinco pode estar para acontecer. Segundo o The Sun, a boysband poderá voltar a actuar em 2017 juntando-se para uma série de concertos que terá como objectivo celebrar os 25 anos dos Take That.