Projecto com um só voto foi um dos vencedores do Orçamento Participativo da Amadora

A Câmara da Amadora vai investir 500,5 mil euros para concretizar 11 propostas dos cidadãos.

Foto

Já são conhecidos os vencedores da mais recente edição do Orçamento Participativo da Amadora, em cuja escolha participaram 164 pessoas. Um dos eleitos teve apenas um voto e houve um projecto, referente à requalificação de um polidesportivo na freguesia da Venteira, em que nem o proponente votou.

Segundo um comunicado de imprensa divulgado nesta quarta-feira, a Câmara da Amadora vai investir 505,5 mil euros na concretização das 11 propostas mais votadas pelos cidadãos. Um montante que representa um acréscimo face aos 500 mil euros que estavam inicialmente previstos que fossem consagrados a esta iniciativa.  

Dado que tinham sido colocados em votação 12 projectos, depois de verificado o seu “ajustamento à dimensão financeira” do orçamento participativo e a sua “exequibilidade técnica”, aquilo que se verifica é que apenas um deles ficou de fora da lista de vencedores. Trata-se da requalificação do Polidesportivo da Praceta Félix Correia, que tinha um investimento estimado de 32 mil euros e no qual não se registou qualquer voto.

A proposta que mais votos teve (37) foi a recuperação do Pátio da Alameda dos Moinhos, na freguesia de Alfragide, à qual foram consagrados 25 mil euros. Em segundo lugar, com 35 votos, ficou a construção de um polidesportivo no exterior da Escola Secundária Mães de Água, orçado em 70 mil euros, e em terceiro a “criação de um infantário social” na Escola Secundária de Seomara da Costa Primo, com um custo de 25 mil euros.  

A lista de vencedores inclui ainda seis projectos nos quais votaram dez ou menos pessoas. Foi isso que aconteceu, por exemplo, nos casos da requalificação da Praceta Pedro Menezes (um voto), do “melhoramento da circulação pedonal” na Rua da Liberdade (três votos) e da “criação de uma zona de caminhada em Alfragide” (cinco votos).

O comunicado distribuído pela Câmara da Amadora não contém essa informação, mas, feitas as contas verifica-se que houve 164 pessoas a votar nesta edição do orçamento participativo. Segundo números disponíveis no site desta iniciativa, o orçamento de 2014 teve 84 votos e o do ano anterior 420. 

Sugerir correcção