Música

Alex Zhang-Hungtai despede-se de Lisboa (e dos Dirty Beaches) com homenagem a Coltrane

Alex Zhang-Hungtai junta-se a Gabriel Ferrandini e a David Maranha no Teatro Maria Matos, dia 26 de Novembro.
Foto
Alex Zhang-Hungtai vai estar no Maria Matos com Gabriel Ferrandini e David Maranha para o concerto Last Train To God Knows Where

A passagem de Alex Zhang-Hungtai por Lisboa deixou-nos um concerto inspirado pela sua vivência na cidade, Landscapes in the mist. Foi também na capital portuguesa que o homem que conhecemos como Dirty Beaches registou Stateless, álbum instrumental editado a 4 de Novembro último. E foi durante a passagem por Lisboa que os Dirty Beaches foram enterrados, como revelado quando da edição do novo álbum: “Todas as estações são cíclicas, como as merdas da vida real”, escreveu Zhang-Hungtai em comunicado revelado em Agosto. “Toda a dor é temporária, como acontece com a alegria, a fúria, a dúvida e todas as emoções humanas. Nada é eterno."

Atingiu o seu limite de artigos

A liberdade precisa do jornalismo. Precisa da sua escolha.

Não deixe que as grandes questões da sociedade portuguesa lhe passem ao lado. Registe-se e aceda a mais artigos ou assine e tenha o PÚBLICO todo, com um pagamento mensal. Pense bem, pense Público.

Guardemos então na memória álbuns como Badlands ou Drifters / Love is the Devil e preparemo-nos para os próximos passos. Aguardemos por 26 de Novembro: será nesse dia que Alex Zhang-Hungtai subirá ao palco do Teatro Maria Matos com Gabriel Ferrandini, baterista entre muitos outros no RED Trio, e David Maranha (Osso Exótico). O objectivo? Mostrar o que frutificou entre os três músicos depois de se reunirem para uma homenagem ao Blue Train de John Coltrane a convite da histórica editora Blue Note. Last Train To God Knows Where é o nome dado ao encontro. O concerto está marcado para as 22h, com bilhetes a 12€.