Torne-se perito

PÚBLICO vence prémio de Jornal Europeu do Ano

Júri sublinhou o "design absolutamente inconfundível do jornal", que anda "de mãos dadas" com o online. Também nesta categoria foram premiados cinco trabalhos publicados em Publico.pt.

O PÚBLICO venceu o prémio de Jornal Europeu do Ano, na categoria nacional, atribuído pela Office for Newspaper Design, organização alemã que distingue anualmente os jornais com melhor design na Europa. Na categoria Online e Crossmedia, foram também premiados cinco trabalhos publicados no site Publico.pt.

O júri – composto por 12 membros de nove países (Noruega, Finlândia, Estónia, Áustria, Suíça, Espanha, Portugal, Holanda e Alemanha – destacou o “design muito claro e simples” do PÚBLICO. “Graças à redução de alguns elementos, o design é absolutamente inconfundível”, sublinhou, numa declaração emitida na noite de sábado, considerando que tanto a tipografia como o uso das fotos e o desenho das páginas são “realizados de forma perfeita da primeira à última página”.

Os jurados elogiaram também o desenho dos suplementos diários e o suplemento de Cultura, Ípsilon. Além disso, premiaram cinco trabalhos publicados no site Público.pt, considerando mesmo que no PÚBLICO “o impresso e o online andam de mãos dadas.

Um conjunto de trabalhos do PÚBLICO receberam o "reconhecimento especial" do júri. Uma das histórias que impressionaram o painel de jurados foi a investigação levada a cabo pela jornalista Patrícia Carvalho, Os portugueses nos campos de concentração, sobre os portugueses que passaram pelos campos de concentração nazis, publicado nas edições digital e impressa da revista 2, em Julho passado. A reportagem Vizinhos do Turismo, de Vera Moutinho e Joana Gorjão Henriques, sobre o impacto do turismo em quem vive em Lisboa, publicado a 31 de Agosto na revista 2 também foi reconhecido.

Outros dos projectos distinguidos foram o trabalho multimédia de Andreia Sanches e Joana Bourgard, A experiência da praxe, que inclui testemunhos de estudantes e ex-estudantes universitários que relatam as suas experiências na praxe. Os trabalhos multimédia A Casa do Vapor, sobre uma casa condenada a cair na Cova do Vapor (Almada), de Vera Moutinho, e As linhas da liberdade, com uma cronologia do dia 25 de Abril de 1974 e a história dos seus protagonistas, foram igualmente premiados nesta categoria.

Já no ano passado, o PÚBLICO tinha recebido um "reconhecimento especial" neste concurso, pelo seu site. Foi a primeira vez que a Office for Newspaper Design distinguiu um site noticioso juntamente com as quatro categorias principais – local, regional, nacional e semanário.

Além do PÚBLICO, na edição deste ano foi também premiado o Diário de Notícias da Madeira, ao qual foram atribuídos quatro prémios a sete primeiras páginas e um tema de capa. Este diário recebeu em 2010 o prémio de Jornal Europeu do Ano na categoria local – atribuída este ano ao irlandês The Mayo News.

Além dos dois jornais portugueses, os European Newspaper Awards distinguiram outros jornais europeus como o Libération, The Volkskrant, The Independent, ABC, La Stampa, entre outros. À edição deste ano concorreram 194 jornais, de 27 países.