Sara Sampaio
Foto
Sara Sampaio

Arrisca C: ideias e planos de negócio valem 22.500 euros

O Arrisca C é um concurso de ideias e planos de negócio para estudantes e recém-diplomados há menos de cinco anos de qualquer instituição de ensino superior. Os prémios vão dos 10.500 aos 22.500 euros

Com o objectivo de "estimular o desenvolvimento de conceitos de negócio em torno dos quais se perspective a criação de novas empresas ou apoiar o desenvolvimento de novos produtos /serviços de empresas", o concurso Arrisca C tem candidaturas abertas até 12 de Dezembro.

Dirigido a estudantes e recém-diplomados há menos de cinco anos de qualquer instituição de ensino superior do país, o desafio divide-se em duas variantes: "Ideias de Negócio ainda em fase de concepção, sem planos de negócio desenvolvidos" e "planos de negócio: projectos inovadores com planos de negócio para a constituição de uma empresa que explore comercialmente o projecto (a ser implementada na Região Inov C)".

As candidaturas podem ser individuais ou por equipas (de até cinco elementos) e devem ser feitas através do preenchimento de um formulário. Se a proposta de "Ideias de Negócio" tiver "qualidade, viabilidade, criatividade e inovação", poderá ser a vencedora do prémio correspondente, que se traduz em 10.500 euros, incubação gratuita, serviços de consultoria, serviços de apoio à mentoria, serviços de design e comunicação, serviços de apoio contabilístico, serviços de apoio à elaboração de candidaturas aos financiamentos europeus e cursos de formação.

Já a candidatura vencedora na categoria de "Planos de Negócio" terá direito a um prémio pecuniário de 22.500 euros, a apoio à internacionalização, divulgação do projecto, divulgação na Portugal News, serviços de comunicações e aos restantes apoios já referidos no prémio anterior. Os detalhes das recompensas pelas vitórias nas duas categorias a concurso podem ser vistos aqui.

O regulamento do Arrisca C explica ao pormenor todos os passos da iniciativa, que é apoiada e financiada por várias entidades do tecido empresarial português.

Sugerir correcção