Cristiano Ronaldo recebeu a terceira Bota de Ouro da carreira

O internacional português partilha o troféu relativo à temporada passada com o uruguaio Luis Suárez.

Cristiano Ronaldo segura a bota de ouro com Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, ao lado
Fotogaleria
Cristiano Ronaldo segura a bota de ouro com Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, ao lado JAVIER SORIANO/AFP
Fotogaleria
Cristiano Ronaldo beija a sua terceira bota de ouro da carreira Sergio Perez/Reuters

O futebolista internacional português Cristiano Ronaldo recebeu nesta quarta-feira, em Madrid, a Bota de Ouro, a terceira da sua carreira, pelos 31 golos marcados durante a época passada no campeonato espanhol, ao serviço do Real Madrid.

"Pensava que o acto fosse mais rápido, mais simples", começou por afirmar o jogador português na conferência de imprensa que antecedeu a entrega do troféu. Depois, Cristiano Ronaldo confessou a sua satisfação com a conquista, mas disse não estar já a pensar na quarta, apesar do bom início de temporada que está a realizar: "As coisas têm que acontecer naturalmente. Não me vou focar em ganhar outra vez. Sei que estou bem posicionado, mas não vou ficar obcecado por isso."

Ronaldo manifestou ainda a sua ambição em continuar a ser cada vez melhor: "A mim não me basta ser o melhor jogador português ou do Real, quero ser o melhor de sempre. Depois, cada um terá a sua opinião. Quanto terminar a carreira quero ver as estatísticas e ver se estou entre os melhores de sempre. E tenho a certeza que estarei."

Questionado sobre se ficaria surpreendido se não ganhar a Bola de Ouro, troféu que distingue o melhor jogador mundial, o futebolista português jogou pelo seguro, embora não tenha deixado de confessar o seu desejo de ser o eleito: "A mim já não me surpreende nada. Há que estar preparado para todos os cenários. Estou bem. Estou felicíssimo com a época que fiz o ano passado, tanto a nível individual como colectivo. Mas não vou ser hipócrita e dizer que não gostaria de ganhar a Bola de Ouro."

Cristiano Ronaldo, que já tinha conquistado a Bota de Ouro, que premeia o melhor marcador dos campeonatos europeus, nas épocas 2007-08 e 2010-11, recebeu o troféu das mãos do presidente do clube espanhol, Florentino Pérez

O jogador do Real Madrid dividiu o prémio com o uruguaio Luis Suárez, que na época passada apontou 31 golos ao serviço dos ingleses do Liverpool.

Cristiano Ronaldo tornou-se o único português com três botas de ouro, prémio que Fernando Gomes e Eusébio receberam em duas ocasiões.

O jogador português iguala assim o seu eterno rival, o argentino Lionel Messi, que já tem três distinções como melhor goleador europeu (2009-10, 2011-12 e 2012-13).

Cristiano Ronaldo é o único jogador português candidato à Bola de Ouro 2014 – prémio que já conquistou em 2008 e 2013 – e cujo vencedor será anunciado em Janeiro do próximo ano. com Lusa

Ranking dos vencedores

3 troféus

Lionel Messi, Arg (FC Barcelona)

Cristiano Ronaldo, Por (Real Madrid) *

2 troféus

Gerd Müller, RFA (Bayern Munique)

Eusébio, POR (Benfica)

Dudu Georgescu, Rom (Dínamo Bucareste)

Fernando Gomes, POR (FC Porto)

Ally McCoist, Esc (Glasgow Rangers)

Mário Jardel, Bra (FC Porto e Sporting)

Thierry Henry, Fra (Arsenal) *

Diego Forlan, Uru (Villarreal e Atlético de Madrid) *

* Um dos troféus foi partilhado.

Sugerir correcção