J. K. Rowling intriga fãs com mensagem no Twitter

Seguidores da autora no Twiiter acharam que a frase era um anagrama camuflado a anunciar o regresso de Harry Potter. Não era.

Foto

Na verdade, como a própria autora já veio esclarecer, tratava-se apenas do início de um texto em que resume o enredo de um argumento que está a escrever para cinema.

Com quase quatro milhões de seguidores no Twitter, qualquer post deixado por Rowling tem um impacto considerável, e a escritora domina na perfeição a arte de manter o suspense junto dos seus admiradores.

No passado domingo à noite, e após um intervalo invulgarmente longo sem actividade nas redes sociais, Rowling escreveu no Twitter: “Muito ocupada neste momento, a trabalhar num romance, a acabar um argumento e a envolver-me nas campanhas da Lumos [uma organização que apoia crianças desfavorecidas e em risco]. Regresso quando tiver acabado alguma coisa!”.

Parecia uma mensagem inócua, meramente destinada a manter algum contacto com os fãs, e provavelmente não pretendia mesmo ser mais do que isso. Só que, logo a seguir, uma das suas seguidoras no Twitter comentou: “Sempre que J. K. Rowling tweeta, paro o que quer que esteja a fazer e fico uma hora a analisar [o que escreveu]”.

Rowling replicou de imediato: “Estás a ver [o que arranjaste?], agora sinto-me tentada a postar um enigma ou um anagrama. Tenho de resistir à tentação… preciso de trabalhar…”

Não houve mais mensagens nessa noite e a coisa parecia não ir passar dali. Mas na manhã de segunda-feira, mais precisamente às 10h06, a autora voltava a carga, brindando os seus desconcertados fãs com uma mensagem que parecia redigida em inglês arcaico: “Cry, foe! Run amok! Fa awry! My wand won’t tolerate this nonsense”. Dois minutos após ter colocado esta mensagem, deixou uma outra, que dizia apenas: “Alguma coisa para reflectirem enquanto estou fora”. 

Como a frase em causa não parecia fazer qualquer sentido, e Rowling anunciara que se sentia tentada a deixar um enigma ou anagrama, milhares de fãs espalhados pelo mundo começaram a recombinar as letras da mensagem, a ver se chegavam a um resultado que parecesse fazer sentido.

Até que um fã achou que tinha descoberto a charada e explicou que a frase era um anagrama de “Harry Returns! Won't say any details now! A week off! No comment." [Harry regressa! Por agora não vou adiantar quaisquer detalhes! Uma semana fora! Sem comentários]. A coisa correu mundo e os fãs exultaram: ia haver um novo livro de Harry Potter. Mas afinal não ia.


O argumento de que Rowling falava na sua mensagem de domingo à noite era a adaptação do seu livro Fantastic Beasts and Where to Find Them (2001), que deverá estrear-se no cinema em Novembro de 2016. Trata-se de um livro sobre as criaturas mágicas do mundo dos romances de Harry Potter, que se apresenta como sendo um exemplar de um livro de estudo do próprio Potter, escrito por um feiticeiro conhecido como Newt Scamander. E a frase que intrigou os seguidores de Rowling no Twitter vinha, afinal, da sinopse que esta redigiu para apresentar o argumento que está a escrever.

 
Notícia corrigida às 18h20. Dizia-se, erradamente, que a solução proposta pelo fã de Rowling não era um anagrama perfeito da frase colocada pela autora no Twitter.