João Botelho já tem o filme português mais visto de 2014

Mais de 70 mil pessoas já viram Os Maias – Cenas da Vida Romântica.

Em quatro semanas, Os Maias – Cenas da Vida Romântica, de João Botelho, tornou-se já no filme português mais visto do ano, com 70.036 espectadores, segundo os números divulgados segunda-feira pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual. Em primeiro lugar estava até agora Sei Lá, de Joaquim Leitão, visto por 61.730 pessoas.

A ser exibido em 30 salas do país, a adaptação de João Botelho do romance de Eça de Queirós estreou-se a 11 de Setembro e conta já com quase duas mil sessões. O filme estreou-se em 23 ecrãs e na primeira semana teve 20.122 espectadores, uma média de 874 espectadores por sala.

Os Maias – Cenas da Vida Romântica já ultrapassou, entã,o o último trabalho de Joaquim Leitão, que adapta o romance homónimo de Margarida Rebelo Pinto. Sei Lá chegou aos cinemas no início de Abril e somou até agora 61.730 espectadores.

Perto destes números, está agora o filme Os Gatos Não Têm Vertigens, de António-Pedro Vasconcelos. A história de um adolescente (João Jesus) que é expulso de casa e se refugia no telhado de uma viúva (Maria do Céu Guerra) soma já 42.714 espectadores em apenas duas semanas, tornando-se assim no terceiro filme português mais visto este ano. Os Gatos Não Têm Vertigens está neste momento em 72 salas.