PSD focado na recuperação do emprego e na natalidade

Na primeira sessão legislativa do pós-troika e última da legislatura, o domínio do discurso em torno das finanças públicas prepara-se para perder força. Agora é a vez da dinamização da economia, sobretudo a recuperação do emprego, que será o alvo da atenção da bancada social-democrata.

“Não vamos ter tudo centrado nas finanças. Já tivemos um debate sobre educação [com a presença do ministro em plenário] e agendámos outro sobre saúde para Outubro”, disse ao PÚBLICO o líder da bancada parlamentar do PSD, Luís Montenegro.

Se a recuperação do emprego vai ser o agregador de discurso e até de iniciativas legislativas, o PSD admite que outros temas possam reentrar no circuito parlamentar como o da natalidade, que está na fase de audições no partido. Mas há mais, segundo Montenegro, referindo a questão dos fundos comunitários como exemplo de um tema que merecerá debate.

Para já, o ano parlamentar arranca com o Orçamento do Estado para 2015, cujas opções em matéria fiscal vão condicionar o discurso das bancadas da maioria. É quase certo que, no final de Outubro, PSD e CDS farão jornadas parlamentares conjuntas no modelo idêntico de anos anteriores.