Trabalhadores do Metro de Lisboa marcam greve de 24 horas para dia 25

Paralisação desta manhã com adesão próxima dos 90%, diz sindicato.

Enric Vives-Rubio
Foto
Enric Vives-Rubio

Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa já entregaram um novo pré-aviso de greve para o dia 25 de Setembro, uma quinta-feira, desta vez para uma paralisação de 24 horas.

O anúncio surge no dia em que os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa realizaram uma greve parcial, entre as 6h e as 11h. Segundo a empresa, o metro voltou a operar logo às 11h, sendo que por volta das 11h30 a circulação já se encontrava normalizada.

Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), disse à TSF que a adesão dos trabalhadores à paralisação desta manhã ronda os “90%”.

Estas greves surgem depois de se ter verificado um acréscimo de passageiros no primeiro semestre do ano em três transportadoras públicas: CP, Metro do Porto e Metro de Lisboa. No caso deste último, o aumento foi de 2,4%, com mais 1,7 milhões de passageiros e um total de 71 milhões. A pacificação interna no sector, que ao longo de 2011, 2012 e 2013 enfrentou sucessivas greves, é um dos factores apontados para explicar este crescimento.