Contador mais perto do triunfo na Volta a Espanha

Vitória na etapa rainha consolidou liderança do ciclista da Tinkoff-Saxo.

Foto
Contador festeja a vitória na 16.ª etapa Jaime Reina/AFP

O espanhol pode ter dado um golpe decisivo rumo à vitória final naquela que era considerada a etapa rainha, com quatro contagens de montanha de primeira categoria.

Nos últimos quilómetros da etapa, o líder da Tinkoff-Saxo foi o único a resistir a um ataque de Chris Froome (Sky) e depois contra-atacou o britânico, que não teve pernas para acompanhá-lo.

Contador terminou com 15 segundos de vantagem sobre Froome e beneficiou ainda das bonificações.

Alejandro Valverde (Movistar) e Joaquim Rodríguez (Katusha) foram os derrotados do dia, pois chegaram quase a um minuto do líder (a 55 e 59 segundos, respectivamente).

Não houve mudanças nos cinco primeiros da geral, mas Contador tem agora uma vantagem mais confortável.

O espanhol tem agora 1m36s de vantagem para Alejandro Valverde, que segurou o segundo lugar por três segundos. Chris Froome tem um atraso de 1m39s e Rodríguez de 2m29s.

Fabio Aru (6.º na etapa, a 1m06s) fecha o top 5, já a mais de três minutos (3m38s).

André Cardoso (Garmin-Sharp), o melhor dos portugueses, foi 46.º, a 14m57s, e desceu na geral de 29.º para 31.º (a 52m30s). Sérgio Paulinho (Tinkoff-Saxo) passou de 60.º para 65.º (a 1h52m00s), depois de ser 103.º na etapa (a 30m24s).

Nesta terça-feira cumpre-se um dia de descanso.